A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: LÍVIA EMANUELA DOS SANTOS DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LÍVIA EMANUELA DOS SANTOS DA SILVA
DATA: 23/08/2017
HORA: 08:30
LOCAL: Mini-auditório do CCBS
TÍTULO: Caracterização Molecular de Ascaris lumbricoides e Ascaris suum em Área Urbana e Rural de Sergipe
PALAVRAS-CHAVES: Ascaris; Taxonomia; diagnóstico molecular; variabilidade genética.
PÁGINAS: 70
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Parasitologia
SUBÁREA: Protozoologia de Parasitos
RESUMO:

As parasitoses intestinais constituem um problema de saúde pública, principalmente nos países subdesenvolvidos ou em desenvolvimento. O parasito Ascaris sp. possui ampla distribuição geográfica propiciando um elevado número de pessoas acometidas por esse helminto. A classificação taxonômica distingue duas espécies, Ascaris suum e Ascaris lumbricoides, infectando suínos e seres humanos, respectivamente. No entanto, em alguns estudos a ascaridíase é caracterizada como uma zoonose, havendo discordância na literatura sobre a classificação de espécies hospedeiro-específico. Quanto a morfologia, os ovos de ambas as espécies são idênticos, e vermes adultos apresentam pequenas diferenças distinguíveis à microscopia. Uma vez que pouco se conhece sobre o possível papel zoonótico de Ascaris sp. este estudo teve como objetivo caracterizar molecularmente as espécies de A. lumbricoides e A. suum nas áreas urbanas e rurais do Estado de Sergipe a partir de amostras humanas e de suínos. A amostragem humana foi realizada por conveniência, através de visitas domiciliares acompanhadas pelos agentes de saúde, nas residências das famílias cadastradas pelo Programa Saúde da Família (PSF), assim como nas Escolas de Educação Infantil nos Municípios de Itabaiana, Nossa Senhora da Glória, Neópolis, Ilha das Flores, Macambira e Campo do Brito e em uma Creche no Município de Nossa Senhora da Glória. Para a amostragem de suínos foram coletadas as fezes das granjas no peridomicílio das famílias cadastradas no PSF e a coleta de vermes dos intestinos foi realizada no Matadouro Municipal de Nossa Senhora da Glória. Foram analisadas 229 amostras de fezes humanas, das quais 39 (17%) apresentaram algum enteroparasitos, sendo os protozoários os mais frequentes. Foram coletadas e analisadas amostras de fezes de 9 suínos, sendo todas negativas para Ascaris sp. Foram recolhidos 29 vermes adultos de Ascaris sp. a partir da lavagem do intestino de cinco porcos, sendo 16 machos e 13 fêmeas, também foi recolhido um verme adulto a partir das fezes de uma criança de 6 anos de idade. Os vermes liberados dos suínos foram submetidos à análise morfológica, os dentículos presentes dos lábios trilobados dos parasitos recuperados apresentavam bordas triangulares, ratificando as características da espécie Ascaris suum. Quanto a análise filogenética, foi possível observar para a região COXI que houve sobreposição das espécies, demonstrando a homogeneidade do gênero Ascaris. A análise conjunta dos dados, com a baixa prevalência de pessoas parasitadas neste estudo, indica melhorias das condições sanitárias e a conscientização das práticas higiênicas adequadas proporcionando uma melhor qualidade de vida da população estudada.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1897681 - LUCIANE MORENO STORTI DE MELO
Interno - 1703964 - SILVIO SANTANA DOLABELLA
Externo ao Programa - 1787754 - LUCIENE BARBOSA

Notícia cadastrada em: 10/08/2017 19:40
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2023 - UFRN - bemtevi1.bemtevi1 v3.5.16 -r18277-8067e35817