A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: GENIVALDO SILVA DA COSTA JUNIOR

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GENIVALDO SILVA DA COSTA JUNIOR
DATA: 28/08/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Mini-auditório do CCBS/UFS
TÍTULO: AVALIAÇÃO DO PAPEL DE PROCESSOS INFECCIOSOS NO DESENVOLVIMENTO DA FIBROMIALGIA EXPERIMENTAL
PALAVRAS-CHAVES: Fibromialgia, infecção crônica, modelo inflamatório
PÁGINAS: 15
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Imunologia
SUBÁREA: Imunologia Aplicada
RESUMO:

A dor crônica é considerada um problema de saúde pública em todo o mundo gerando altos custos para a sociedade. Aproximadamente 14% da população norte-americana sofre de dor muscular crônica difusa tal como fibromialgia. Essa patologia e caracterizada por alterações musculoesqueléticas crônica de etiologia ainda desconhecida. A proporção de pacientes do sexo feminino que são diagnosticados com FMS é consideravelmente mais elevada do que no sexo masculino. Apesar da definição baseada em sintomas, ainda não está claro na literatura os critérios que desencadeiam o aparecimento da doença. Como hipótese recente para a possível etiologia da FMS tem-se discutido a associação com distúrbios inflamatórios seguidos por mudanças neuroendócrinas. Nesse intuito novos estudos são necessários para avaliar o mecanismo envolvido para estudar a relação de distúrbios inflamatórios e fibromialgia Objetivo: Portanto com o exposto acima o objetivo do trabalho será avaliar o papel da resposta infecciosa no desenvolvimento de fibromialgia em modelo animal. Trata-se de um estudo experimental, utilizando ratos Wistar. Será realizada administração do lipopolissacrideo (LPS) a fim de mimetizar o processo infeccioso prévio. Posteriormente será induzido a fibromialgia experimental. Serão avaliadas as repercussões envolvidas no processo de desenvolvimento da doença a partir de modelo inflamatório prévio além, da identificação de possíveis alterações quanto ao perfil hormonal e neuroimunológico nestes animais. Os resultados serão avaliados estatisticamente por meio da análise de variância (ANOVA), seguido pelo teste de Tukey.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2869587 - PATRICIA RODRIGUES MARQUES DE SOUZA
Interno - 1977523 - DIEGO MOURA TANAJURA
Externo ao Programa - 2864511 - LEANDRO MARQUES DE SOUZA

Notícia cadastrada em: 03/08/2017 18:48
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2023 - UFRN - dragao3.dragao3 v3.5.16 -r18277-8067e35817