A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JUREMA CRISTINA MACHADO DE MENEZES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JUREMA CRISTINA MACHADO DE MENEZES
DATA: 29/07/2014
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Educação
TÍTULO: ANÁLISE ESPACIAL DOS CASOS DE HANSENÍASE LOCALIZADOS NA GRANDE ARACAJU, SERGIPE, BRASIL.
PALAVRAS-CHAVES: Hanseníase, Epidemiologia, Análise Espacial.
PÁGINAS: 30
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Saúde Coletiva
RESUMO:

A hanseníase é uma doença infectocontagiosa crônica, causada pelo bacilo Mycobacterium leprae, que é transmitido de pessoas a pessoa pelo contato contínuo com doentes contagiantes sem tratamento. No Brasil, devido a sua endemicidade constitui em um importante problema de saúde pública. A hanseníase tem relação direta com a pobreza, condições sanitárias e de habitações inadequadas, já que a aglomeração de pessoas é responsável pela maior disseminação do bacilo através das vias respiratórias. O principal objetivo desse estudo será analisar e mapear dados clínicos da hanseníase na Grande Aracaju, Sergipe. Será feito um estudo retrospectivo, com análise dos dados dos pacientes diagnosticados e notificados na região Metropolitana de Aracaju. As informações referentes aos pacientes serão coletadas no banco de dados do SINAN (Sistema de Informação de Agravos de Notificação) disponibilizadas pela Secretaria Estadual de Saúde de Sergipe. As variáveis de interesse pesquisadas serão: sexo, endereço (rua, número, bairro), idade, estado civil, profissão, naturalidade, data do diagnóstico, forma clínica, esquema terapêutico, início e término do tratamento. Será utilizada imagem de satélite, disponível no Google Maps e a base cartográfica da Grande Aracaju (IBGE, 2010). Utilizando um GPS (Global Positioning System) serão localizadas as coordenadas geográficas correspondentes a cada casa em que reside determinado paciente.

Serão gerados mapas temáticos, baseados na análise de Kernel que constrói gradientes cromáticos em torno dos eventos, indicando, por hot spots ou “áreas quentes”, os locais onde há maior risco de hanseníase. Esse estudo poderá contribuir para uma melhor compreensão da epidemiologia da hanseníase e para o planejamento das Políticas Públicas de Saúde nas áreas que serão analisadas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1039375 - VERA LUCIA CORREIA FEITOSA
Interno - 1347234 - KARINA CONCEICAO GOMES MACHADO DE ARAUJO
Externo ao Programa - 1695058 - MARCO ANTONIO PRADO NUNES
Externo à Instituição - FRANCISCO PRADO REIS

Notícia cadastrada em: 10/07/2014 16:52
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2023 - UFRN - dragao2.dragao2 v3.5.16 -r18277-8067e35817