A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ANA NERY DANTAS OLIVEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANA NERY DANTAS OLIVEIRA
DATA: 30/07/2013
HORA: 14:30
LOCAL: a ser definido
TÍTULO: CARACTERIZAÇÃO FENOTÍPICA E GENOTÍPICA DE LINHAGENS DE Escherichia coli CIRCULANTES NA CIDADE DE ARACAJU/SE
PALAVRAS-CHAVES: Escherichia coli, patogenicidade, água.
PÁGINAS: 40
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Microbiologia
SUBÁREA: Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
ESPECIALIDADE: Bacterologia
RESUMO:

A Escherichia coli é uma enterobactéria de grande importância na saúde pública, esta pode ser classificada em grupos subdivididos de acordo com as propriedades de virulência, dentre as cepas conhecidas, muitas são responsáveis por causar principalmente infecções do trato gastrointestinal e urinário. A capacidade de adquirir resistência aos antimicrobianos e a necessidade de tratamentos específicos para cepas de alta patogenicidade leva a necessidade de pesquisas relacionadas às características genotípicas destes microrganismos. Esta bactéria pode ser adquirida facilmente através de fontes hídricas e alimentos contaminados por fezes, de origem humana e/ou animal, a cidade de Aracaju/SE, além de ser litorânea, serve de passagem para os rios Sergipe, Poxim, do Sal e Vaza Barris, além de possuir redes de esgoto abertas que são levadas para os rios e posteriormente para o mar. A exposição destas fontes hídricas sem tratamento dos dejetos sanitários eleva o risco de contaminação por parte da população presente nestas áreas. Em cidades próximas a capital faz-se uso de rios para a irrigação de hortifrúti, não existindo um controle de qualidade da água dos rios utilizados. Para fazer a avaliação da presença de cepas de E.coli em amostras de alface e águas de diferentes sítios, serão definidos pontos de coleta na cidade de Aracaju onde amostras destas águas e alfaces (originários de municípios sergipanos), serão coletadas para análise com a intenção de isolar a E.coli. A partir das cepas isoladas e caracterizadas como patogênicas ou ambientais (através de caracterização fenotípica), serão realizados testes nas cepas caracterizadas como patogênicas para definição do perfil fisiológico, testes de sensibilidade aos antimicrobianos, realização de pesquisa dos genes codificantes de fatores de virulência por PCR com o posterior sequenciamento dos genes obtidos e por fim a análises filogenéticas in sílico. Além das amostras coletadas em campo, serão caracterizadas amostras de E.coli de origem alimentar pertencentes à coleção de cultura do LMA/UFS. A fim de contribuir para um conhecimento das cepas circulantes na cidade de Aracaju, este projeto insere a pesquisa de fatores de virulência como perspectiva de inferências genômicas na análise epidemiológica desse agente patogênico tão significativo na saúde pública.



MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 2660293 - ANTONIO MARCIO BARBOSA JUNIOR
Interno - 1347234 - KARINA CONCEICAO GOMES MACHADO DE ARAUJO
Presidente - 426581 - RITA DE CASSIA TRINDADE
Interno - 2208516 - ROBERTA PEREIRA MIRANDA FERNANDES

Notícia cadastrada em: 16/07/2013 10:08
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2023 - UFRN - bemtevi1.bemtevi1 v3.5.16 -r18277-8067e35817