Notícias

Banca de DEFESA: PÉLIGRIS HENRIQUE DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: PÉLIGRIS HENRIQUE DOS SANTOS
DATA: 01/04/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Videoconferência do PROZOOTEC, Campus de São Cristóvão
TÍTULO: Efeito cardioprotetor do p-cimeno na intoxicação aguda induzida por paraquat.
PALAVRAS-CHAVES: Agroquímicos. Estresse oxidativo. Inflamação. Miocárdio. Monoterpenos.
PÁGINAS: 125
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Fisiologia
RESUMO:

O A intoxicação cardíaca aguda com paraquat (30 mg/kg, via intraperitoneal)desencadeia intensa perda de massa, estresse oxidativo, inflamação, lesõesteciduais, apoptose e alterações elétricas e contráteis no tecido cardíaco. Assim,nossa hipótese é que a utilização de substâncias com propriedades antioxidante eanti-inflamatória pode atenuar as alterações promovidas pela intoxicação,constituindo uma alternativa de proteção ao tecido cardíaco. Nesse contexto, o p-cimeno, produto natural pertencente à classe dos monoterpenos, possuipropriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, portanto, capazes de controlar oestresse oxidativo e a inflamação que comprometem o organismo durante aintoxicação. Desse modo, para testar esta hipótese ratos Wistar foram pré-tratadoscom 150 mg/kg de p-cimeno, via oral, durante 07 dias, e depois submetidos aintoxicação. Após 24 horas, foram avaliados os intervalos PR, QRS, QTc emensuradas a frequência cardíaca (FC), a pressão desenvolvida no ventrículoesquerdo (PDVE), a pressão sistólica (PS), a pressão diastólica (PD), as derivadaspositivas e negativas de pressão pelo tempo (+dP/dt) e o fluxo coronariano. Emseguida, foram quantificadas a presença dos marcadores de lesão: creatina quinase(CK), lactato desidrogenase (LDH), alanina aminotransferase (ALT), aspartatoaminotransferase (AST) e creatinina. Ademais, foram também determinadas aperoxidação lipídica (MDA), a concentração de hidroperóxidos, a atividade dasenzimas antioxidantes superóxido dismutase (SOD), catalase (CAT), glutationaperoxidase (GPx) e glutationa redutase (GR), verificado a presença de citocinasinflamatórias (TNF-α e IL-1β) e quantificado a perda de massa. Por fim, os aspectoshistopatológicos e a apoptose provocados pela intoxicação foram verificados atravésda histologia e por meio da expressão da proteína caspase-3. Durante a análise, foievidenciado que o pré-tratamento com p-cimeno melhorou a duração dos intervalosPR, QRS e QTc; aumentou FC, PDVE, PS, +dP/dt e preservou o fluxo coronariano,entretanto, a intoxicação não produziu alteração na PD. Ao investigar os efeitos nosmarcadores de lesão, o p-cimeno reduziu a liberação de CK, LDH, ALT, AST e decreatinina, reduziu a formação de MDA e de hidroperóxidos, melhorou a atividade daSOD, GPx e GR, entretanto, não teve efeito sobre a CAT e nem preveniu a perda demassa. Contudo, o p-cimeno foi capaz de reduzir a presença das citocinas TNF-α eIL-1β detectadas no tecido cardíaco. Ao estudar as alterações histopatológicas, osanimais pré-tratados com p-cimeno não apresentaram sinais de edema,desorganização das fibras musculares e nem vacuolização, evidenciando, açãoantiapoptótica. Assim, ao verificar a expressão da proteína caspase-3, o p-cimenoreduziu a expressão dessa proteína, confirmando ação antiapoptótica. Desse modo,fica evidenciado que, em virtude de suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, o pré-tratamento com p-cimeno é capaz de proteger o tecido cardíacocontra as alterações provocadas pela intoxicação.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 2445308 - ADRIANO ANTUNES DE SOUZA ARAUJO
Externo à Instituição - CAROLINA ROSA GIODA
Interno - 1698148 - ENILTON APARECIDO CAMARGO
Externo à Instituição - GIULIANNA DA ROCHA BORGES
Presidente - 1694364 - SANDRA LAUTON SANTOS
Notícia cadastrada em: 25/03/2019 08:37
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r10803-399c5c35c