Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: POLYANA BORGES FRANÇA DINIZ

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: POLYANA BORGES FRANÇA DINIZ
DATA: 17/10/2016
HORA: 09:00
LOCAL: A definir
TÍTULO: Efeitos gastroprotetores do timol em úlceras agudas e crônicas em ratos: possível envolvimento das prostaglandinas, canais de potássio sensível a ATP e secreção do muco gástrico
PALAVRAS-CHAVES: Úlcera gástrica, Gastroproteção, Canais de potássio sensíveis a ATP, Prostaglandinas, Timol.
PÁGINAS: 98
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Farmacologia
RESUMO:

O timol, é um monoterpeno fenólico derivado do cimeno encontrado abundantemente em óleos essenciais do Timus, de Orégano e Lippia. O presente estudo investigou ações gastroprotetoras do timol (10, 30 e 100 mg/kg, p.o.) em úlcera aguda induzida por (drogas anti-inflamatória não esteroidal e etanol) e modelos de úlcera crônica induzida por (ácido acético) em ratos. Alguns dos mecanismos subjacente ao efeito gastroprotetor do timol foram investigados em modelo de úlcera induzida por etanol. Parâmetros da secreção gástrica (volume, pH, e acidez total) foram também avaliados pelo modelo de ligadura de piloro, e conteúdo do muco gástrico foi determinado. A atividade anti-Helicobacter pylori do timol foi realizada através do método de difusão em ágar. O Timol (10, 30, e 100 mg/kg) produziu dose-dependente reduzindo (P < 0,01) a área total de lesão em modelo de úlcera induzida por etanol. A resposta gastroprotetora causada pelo timol (30 mg/kg) foi significativamente atenuada (P < 0,001) pelo tratamento intraperitoneal dos ratos com indometacina (um inibidor não-seletivo da ciclo-oxigenase, 10 mg/kg) e glibenclamida (bloqueador de canais de potássio K + sensíveis a ATP, 10 mg/kg), mas não pelo DL-Propargilglicina (PAG, inibidor da cistationina-γ-liase, 25 mg/kg) e Nw-nitro-L-argenina metil éster cloridrato (L-NAME, um inibidor não-seletivo da sintase do óxido nítrico 70 mg/kg). O timol (30 e 100 mg/kg) também reduziu o índice de úlcera (P < 0,05) e área total de lesão (P < 0,001) em indometacina e modelos de úlcera induzida por ácido acético, respectivamente. Em modelo de ligadura de piloro, o tratamento com timol não foi capaz de alterar significativamente os parâmetros de secreção gástrica. No entanto, após o tratamento com o timol houve um aumento significativo (P < 0,01) na produção do muco. Timol não apresentou atividade anti-H. pylori in vitro. Coletivamente, os resultados apresentados fornecem evidências convincentes de que o timol exibe ações gastroprotetoras sobre os modelos de úlceras agudas e crônicas através de mecanismos que envolvem o aumento da quantidade de muco, prostaglandinas, e canais de potássio K + sensíveis a ATP.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 2020866 - ANA MARA DE OLIVEIRA E SILVA
Presidente - 1698148 - ENILTON APARECIDO CAMARGO
Externo ao Programa - 1467719 - LUCINDO JOSE QUINTANS JUNIOR
Notícia cadastrada em: 26/09/2016 15:36
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r12182-3b7fa45029