Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: LUCIANO DE GOIS SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUCIANO DE GOIS SANTOS
DATA: 18/04/2016
HORA: 09:00
LOCAL: A definir
TÍTULO: Expressão do gene zif-268 durante a formação e evocação de memória do lagarto neotropical Tropidurus hispidus.
PALAVRAS-CHAVES: Comportamento Aversivo; Memória Espacial;Complexo Amigdaloide; Hipocampo;Réptil;Neurobiologia Evolutiva.
PÁGINAS: 1
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Fisiologia
RESUMO:

A memória tem apresentado-se como uma capacidade basal em diversos grupos do reino animal. Tal habilidade oferece aos animais vantagens adaptativasao se utilizar de experiências prévias para solucionar problemas cotidianos, como o forrageamento, a navegação espacial, o reconhecimento e antecipação de predadores e a realização de estratégias comportamentais de luta ou fuga. Processos mnemônicos vem sendo amplamente estudado em alguns grupos de vertebrados, principalmente em Mamíferos e Aves. Nesses grupos estão bem estabelecidas associações entre amígdala e hipocampoe as memórias aversivas e espaciais, respectivamente.Entretanto, no grupo dos Répteis ainda são escassos estudos que pesquisem a etologia e a neurofisiologia das memórias. Dados neuroanatômicos tem sugerido homologias entre asáreas do hipocampo e amígdala em repteis e o hipocampo e amígdala em mamíferos. Contudo,poucas sãoas evidências funcionais em Répteis do papel dessas estruturas para dar suporte a esta proposta. Diante disso, esse trabalho teve como objetivo avaliar a formação de memórias espaciais e aversivas dolagarto neotropicalTropidurushispidus, além de avaliar a expressão do gene imediato zif-268 durante a formação e evocação da memória. Para isso foram utilizados 50 lagartos machos adultos, que após 4 dias de acomodação foram distribuídos em dois experimentos: o Experimento 1, de memória aversiva (n=40); e o Experimento 2,de memória espacial (n=10). No Experimento 1 os animais foram divididos em trêsgrupos (Controle, n=8; Estímulo Neutro, n=16;Estímulo Aversivo, n=16). O grupo controle não participou das etapas comportamentais, já o grupo Estímulo Neutro foi exposto a umagaiola metálica vazia,enquanto o grupo Estímulo Aversivo foi exposto a um gato doméstico.Em seguidaforam perfundidosos animais do grupo controle e 11 de cada grupo, Neutro e Aversivo. Os animais remanentes dos grupos Estímulo Neutro e Aversivo (n= 5, cada) voltaram para o terrário de acomodação, e após 24 horas, passaram por uma reexpostos ao local da exibição dos estímulos. Foram então realizadas perfusões, imustotoquímicapata Zif-268 e análise do comportamento de todos os animais. No experimento 2, os lagartos foram submetidos a uma adaptação do labirinto aquático de Morris, onde 3 vezes por dia durante 19 dias os animais realizaram tentativas de encontrar uma plataforma submersa. No experimento 1 os lagartos apresentaram,tanto na exposição do gato quanto na reexposição ao contexto aversivo, uma redução da atividade locomotora e um aumento no tempo de congelamento quando comparados com o grupo estímulo neutro, sugerindo assim que a exposição do gato doméstico atuouadequadamentecomo um estímulo aversivo. Observou-se também que tanto durante a exposição do gato quanto durante a reexposição ao contexto aversivo, tais comportamentos foram acompanhados de um aumento do número de células Zif-268+ nas regiões do hipocampo reptiliano e amígdala. Já no experimento 2, foi verificadoao longo dos dias uma redução no tempo que os animais levaram para encontrar a plataforma. Assim,o presente estudo forneceu indícios que o T. hispidus possui memória espacial e memória aversiva, e que há um envolvimento de seu hipocampo e amígdala na memória emocional aversiva.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1333720 - DANIEL BADAUE PASSOS JUNIOR
Interno - 1316604 - LUIS FELIPE SOUZA DA SILVA
Presidente - 1694364 - SANDRA LAUTON SANTOS
Notícia cadastrada em: 31/03/2016 16:40
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r10803-399c5c35c