Notícias

Banca de DEFESA: PATRICIA RABELO DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: PATRICIA RABELO DOS SANTOS
DATA: 07/02/2014
HORA: 09:00
LOCAL: Sala 01, Polo de Pós-Graduação (POSGRAP)
TÍTULO: EXPRESSÃO DO FATOR NUCLEAR DE TRANSRIÇÃO - κB (NF-κB) EM NEURÔNIOS OCITOCINÉRGICOS DE RATOS SUBMETIDOS A SOBRECARGA SALINA: INFLUÊNCIA DA DEXAMETASONA
PALAVRAS-CHAVES: p65/RelA, ocitocina, dexametasona, sobrecarga salina, núcleo supra-óptico, núcleoparaventricular.
PÁGINAS: 75
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Fisiologia
RESUMO:

O sistema hipotálamo neuro-hipofisário (SHNH) é o principal sistema pelo qual o cérebro mantém a homeostase dos líquidos corporais. Especificamente, os núcleos supra-óptico (SON) e paraventricular (PVN) do hipotálamo estão diretamente envolvidos com o controle do balanço hidroeletrolítico e são especializados na síntese e secreção de vasopressina e ocitocina. Alterações no milieuintérieur são vistas como estressoras pelo sistema nervoso central (SNC) e moduladas pelo eixo hipotálamo-hipófise-adrenal (HHA). O fator nuclear de transcrição kappaB (NF-κB) é conhecido por mediar os efeitos imunossupressores e anti-inflamatórios dos glicocorticoides. Sendo assim, o objetivo do presente estudo foi verificar o perfil de expressão do componente p65 da via clássica do NF-κB em neurônios ocitocinérgicos do PVN e SON em resposta à desidratação intracelular crônica,combinada ou não ao tratamento com glicocorticoides. Métodos: Ratos wistar (250-300 g) foram mantidos em ambiente com temperatura (23 ± 2ºC) e luminosidade controlada com ciclo claro-escuro de 12 horas (luz das 6 às 18 horas) controladas, com água e ração específica para roedores (Labina®- Purina)ad libitum até o início dos experimentos. Todos os procedimentos foram aprovados pelo Comitê de Ética em Pesquisa com Animais da UFS (Protocolo # 60/2012). Os animais foram divididos de modo a constituir os grupos Controle (ratos tratados por 4 dias com água ad libitum,n=6-7); Controle + Dexa (água ad libitum e dexametasona, n=6-7); SL4 (sobrecarga salina ad libitum, NaCl 1,8%, de 4 dias,n=6-7); SL4 + Dexa (sobrecarga salina ad libitum, NaCl 1,8%, de 4 dias e dexametasona, n=6-7). A dexametasona (10 mg / kg, i.p.) foi administrado apenas no 4º dia, 12h e 2 h antes da perfusão para coleta do cérebro e realização da dupla imunofluorescência OT/p65 ou eutanásia para coleta de sangue do tronco e posterior dosagem de angiotensina II (ANGII). Os dados comportamentais e de dosagem hormonal obtidos foram submetidos ao teste ANOVA de duas vias e pós-teste Bonferroni. Os resultados obtidos da imunohistoquímica foram submetidos à avaliação qualitativa. Assim, verificou-se que os animais SL4 ingeriram mais fluido que seus controles, no segundo (p < 0,01), terceiro (p < 0,001) e quarto (p < 0,001) dia experimental. A SL4 elevou a concentração plasmática de ANGII (p < 0,01). A análise qualitativa da dupla imunofluorescência OT/p65 no PVN e SON revelou uma fraca imunorreatividade à ocitocina nos grupos SL4 e SL4+Dexa, quando comparados aos grupos Controle e Controle+Dexa. Observou-se expressão da subunidade p65 do NF-κB em todas áreas hipotalâmicas estudadas, com imunorreatividade predominantemente citoplasmática em todos os grupos. Estes dados mostram que a subunidade p65 do NF-κB está presente em neurônios ocitocinérgicos das principais áreas hipotalâmicas que integram os eixos do estresse (HHA) e do equilíbrio hidroeletrolítico (SHNH). Mais estudos são necessários a fim de esclarecer sobre a real participação da via intracelular do NF-κB evocada pela desidratação intracelular, nos ajustes hidroeletrolíticos endócrinos e comportamentais.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANDRÉ DE SOUZA MECAWI
Interno - 1698148 - ENILTON APARECIDO CAMARGO
Externo ao Programa - 2864511 - LEANDRO MARQUES DE SOUZA
Notícia cadastrada em: 16/01/2014 15:49
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r10803-399c5c35c