A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: JOSÉ CARLOS BIZERRA COSTA JUNIOR

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSÉ CARLOS BIZERRA COSTA JUNIOR
DATA: 23/04/2020
HORA: 09:00
LOCAL: Miniauditório do P²CEM
TÍTULO: AVALIAÇÃO DE CONFIABILIDADE DA TÉCNICA NÃO DESTRUTIVA ULTRASSÔNICA NO CONTROLE DE QUALIDADE DE AÇOS ABNT 1045 TRATADOS TERMICAMENTE
PALAVRAS-CHAVES: técnica ultrassônica, aços ABNT 1045, caracterização, propriedades mecânicas.
PÁGINAS: 76
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

Nas aplicações de engenharia, as propriedades mecânicas dos materiais são parâmetros determinantes para avaliação da qualidade dos componentes produzidos. Estas propriedades são avaliadas em função do grau de atendimento à requisitos de projeto. Nos processos de análise de integridade de materiais e estruturas metálicas no setor industrial, são comumente empregadas técnicas de ensaios destrutivos que, por sua vez, demandam tempo excessivo para análise do produto e tendem a danificar a amostra analisada. Deste modo, este trabalho buscou desenvolver e avaliar metodologias de caracterização qualitativa e quantitativa de propriedades mecânicas de aços ABNT 1045 tratados termicamente, a partir da técnica não destrutiva ultrassônica. Neste sentido, amostras de aço ABNT 1045 foram submetidas aos tratamentos térmicos de recozimento, normalização, têmpera e revenimento, em condições previamente estudadas. De posse de amostras padronizadas, foram investigadas as correlações existentes entre a propriedade mecânica de dureza e os parâmetros ultrassônicos. Com o auxílio de ferramentas estatísticas, também foi possível estimar quantitativamente os valores de dureza das amostras, a partir da técnica ultrassônica. Os resultados obtidos evidenciaram correlações superiores a 95%, alicerçando a confiabilidade da metodologia ultrassônica desenvolvida na caracterização das propriedades mecânicas de aços ABNT 1045, e demonstrando a sensibilidade do feixe sônico às variações microestruturais de amostras submetidas a diferentes processos térmicos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2016178 - CARLOS OTAVIO DAMAS MARTINS
Interno - 358689 - SANDRO GRIZA
Externo ao Programa - 1784426 - JAQUELINE DIAS ALTIDIS

Notícia cadastrada em: 25/03/2020 14:18
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2024 - UFRN - bigua3.bigua3 v3.5.16 -r19181-717445561f