Notícias

Banca de DEFESA: ALINE CAMILA SILVA DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALINE CAMILA SILVA DE OLIVEIRA
DATA: 25/02/2015
HORA: 09:00
LOCAL: Mini Auditório Renorbio
TÍTULO: Composição química e atividades antioxidante e anti-inflamatória da casca e entrecasca de Capparis jacobinae Moric. Ex Eichler
PALAVRAS-CHAVES: Capparis jacobinae; perfil químico; viabilidade celular; atividade antioxidante; atividade anti-inflamatória
PÁGINAS: 73
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
SUBÁREA: Farmacognosia
RESUMO:

A composição química e as atividades antioxidante do extrato hidroetanólico (EHE) e de suas frações hexânica (FHEX), diclorometanólica (FDM), acetato de etila (FAE) e hidrometanólica (FHM) e a atividade anti-inflamatória da FAE e FHM, obtidos da casca e entrecasca de Capparis jacobinae, popularmente conhecida como “icozeiro”, foram investigadas. A composição química foi avaliada por meio de métodos colorimétricos, Folin-Ciocalteau, complexação com alumínio e cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE). Quanto à atividade antioxidante, esta foi avaliada por meio de dois métodos, o do radical 2,2 difenil-1-picril-hidrazila (DPPH) para EHE, FHEX, FDM, FAE, FHM e o das substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS), frente às amostras EHE, FHEX, FDM, FAE, FHM, utilizando o agente indutor da lipoperoxidação sulfato ferroso (FeSO4). Os dados foram expressos como média ± desvio padrão e as diferenças determinadas por ANOVA seguida do teste de Tukey. O maior teor de fenóis totais foi observado no EHE, seguido da FAE, o qual não apresentou diferença significativa. Já em relação ao teor de flavonoides totais, o maior teor foi observado no EHE, em seguida na FAE e na FDM, sendo significativamente iguais. Com relação à atividade antioxidante, a FAE reduziu o DPPH (90μg.mL-1, 60 min) com valor de CE50 de 53,75±5,75 μg.mL-1, não diferindo estatisticamente da FDM (CE50=62,30 + 4,24 μg.mL-1). Por outro lado, frente ao TBARS, o EHE seguido da FHM mostraram maior afinidade em neutralizar a lipoperoxidação induzida pelo FeSO4. Nenhuma concentração do extrato hidroetanólico ou das frações de C. jacobinae foi capaz de inibir a viabilidade celular de macrófagos peritoneais de camundongos. O tratamento com as FHM e FAE nas doses de 50, 100 e 200 mg/kg não causou nenhum decréscimo significativo no número de leucócitos totais, em comparação com o grupo que recebeu o indutor LPS. Através da CLAE/DAD-UV-Vis foi confirmando a presença de compostos fenólicos e de alcaloides. Diante desses resultados, pode-se inferir que o extrato hidroetanólico e frações de C. jacobinae possuem diversos constituintes químicos, tais como fenóis e alcalóides. Além disso, apresentam atividade antioxidante.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 3553547 - BRANCILENE SANTOS DE ARAUJO
Presidente - 2335200 - CHARLES DOS SANTOS ESTEVAM
Externo à Instituição - SHEYLA ALVES RODRIGUES
Notícia cadastrada em: 07/02/2015 12:24
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r9746-a0f4b564f