A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: KAROLINE SANTANA SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: KAROLINE SANTANA SANTOS
DATA: 31/05/2022
HORA: 17:00
LOCAL: BANCA KAROLINE - SABERES E FAZERES QUILOMBOLAS: UM ESTUDO SOBRE O BARCO DE FOGO NO ENSINO DE CIÊNCIA
TÍTULO: SABERES E FAZERES QUILOMBOLAS: UM ESTUDO SOBRE O BARCO DE FOGO NO ENSINO DE CIÊNCIAS EM UMA ESCOLA QUILOMBOLA SERGIPANA
PALAVRAS-CHAVES: Educação Escolar Quilombola; Ensino de Ciências; Ensino Fundamental, Educação das Relações Étnico-Raciais; saberes e fazeres quilombolas; Barco de Fogo.
PÁGINAS: 150
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Tópicos Específicos de Educação
ESPECIALIDADE: Educação Rural
RESUMO:

Esta pesquisa tem como objetivo geral analisar como os saberes e fazeres da prática cultural do “Barco de Fogo” têm se constituído ou podem se constituir como temática do ensino de Ciências Naturais nos anos iniciais do Ensino Fundamental na Escola Estadual Gilberto Amado (EEGA), a partir de documentos orientadores das escola e rede estadual sergipana e das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Escolar Quilombola (DCNEEQ). A EEGA está localizada no quilombo urbano Porto D´Areia, no município de Estância, estado de Sergipe. O Barco de Fogo é um patrimônio imaterial estanciano e sergipano e importante manifestação cultural do quilombo Porto D´Areia. Chico Surdo, nascido no bairro é o possível criador do Barco de Fogo. A abordagem metodológica adotada foi a qualitativa, tendo como método o estudo de caso. Os instrumentos metodológicos utilizados foram a análise documental. Foram analisados os seguintes documentos: a) da escola: Projeto Político Pedagógico, Matriz Curricular do Ensino Fundamental e a proposta pedagógica da disciplina “Saberes e Fazeres Quilombolas”; b) do estado: Currículo de Sergipe. No que diz respeito aos saberes e fazeres sobre a prática cultural do Barco de Fogo defendemos que é fundamental que esses conhecimentos estejam no currículo dessa escola e nas diversas áreas de conhecimento. Esses saberes e fazeres apresentam diversas possibilidades para o ensino de Ciências. Constatou-se, ainda, diversos desafios enfrentados pela escola para concretizar o Barco de Fogo, bem como outros saberes e fazeres quilombolas, como temática no ensino, inclusive na área de Ciência Naturais no Ensino Fundamental. Reflete-se nesse sentido que nos documentos da escola analisados é registrado que a elaboração do currículo da escola teve como base a BNCC, o Currículo de Sergipe e as DCNEEQ.

Local:

https://meet.google.com/tcb-bkzr-mmd


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1212624 - EDINÉIA TAVARES LOPES
Interno - 1545817 - MARIA BATISTA LIMA
Externo à Instituição - ASSICLEIDE DA SILVA BRITO

Notícia cadastrada em: 16/05/2022 08:30
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema2.ema2 v3.5.16 -r17715-9ce6d7c69e