Notícias

Banca de DEFESA: MARILENE MENDONÇA DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARILENE MENDONÇA DE OLIVEIRA
DATA: 31/03/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Remoto - A confirmar
TÍTULO: NO ESCURINHO DO CINEMA! ERER E PRODUÇÕES CINEMATOGRÁFICAS NO ENSINO DE MATEMÁTICA
PALAVRAS-CHAVES: Educação das Relações Étnico-raciais (ERER). Ensino de Matemática. Produções Cinematográficas. Função Quadrática.
PÁGINAS: 113
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Ensino-Aprendizagem
ESPECIALIDADE: Métodos e Técnicas de Ensino
RESUMO:

Esta dissertação trata sobre a Educação das Relações Étnico-raciais – ERER no ensino de Matemática a partir do uso da filmografia. Uma perspectiva de criar possibilidades para transformar aulas de Matemática em um momento privilegiado ao debate de temas como preconceito, discriminação, racismo e gênero. A pesquisa teve como problema a questão “Quais as possibilidades do uso de produções cinematográficas favorecer a implementação da ERER e a aprendizagem de conteúdos matemáticos em turmas de Ensino Médio?” e como objetivo geral analisar quais as possibilidades do uso de produções cinematográficas favorecer a implementação da ERER e a aprendizagem de conteúdos matemáticos em turmas de Ensino Médio, tomando-se como foco da análise o uso do filme “Estrelas Além do Tempo” para implementação da ERER ao abordar Função Quadrática para turmas do Ensino Médio. . Recorreu-se a um levantamento de diferentes produções cinematográficas sendo identificado, no filme “Estrelas Além do Tempo”, o conteúdo Funções Quadráticas e possibilidades para discutir e implementar a ERER nas aulas de Matemática. Para tanto, foram delineados dois objetivos específicos: elaborar cenários para investigação que contemplem o ensino de matemática associando-o à ERER e aplicar cenas que constituem o Cenário para Investigação a bolsistas de dois programas de fomento à formação inicial (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência – PIBID e Programa Residência Pedagógica – RP), ambos vinculados ao curso Licenciatura Matemática da Universidade Federal de Sergipe (Campus São Cristóvão). Esses participantes foram escolhidos durante a coleta de dados, devido ao período de afastamento social ocasionado pela pandemia do Covid 19 e, por conseguinte, pela suspensão de aulas da educação básica em todo território nacional. Este é um estudo de abordagem qualitativa, abrangendo procedimentos metodológicos de natureza bibliográfica, documental e exploratória. O bibliográfico refere-se à busca de uma aproximação ao tema identificando estudos na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações – BDTD e nos anais do Encontro Nacional de Educação Matemática – ENEM, referentes ao período 2004-2019. O procedimento exploratório refere-se ao levantamento de filmes com viabilidades para abordar as questões étnico-raciais e conteúdos matemáticos para o referido nível de ensino. O levantamento de âmbito documental remete sobre legislação vigente quanto às questões ERER e curriculares para o ensino de matemática no Ensino Médio. Após esses levantamentos, buscou-se elaborar cenários para investigação, entendendo na expressão cenários um ambiente favorável à aprendizagem de conteúdos matemáticos e de história e cultura africana e afro-brasileira. Embora, as cenas tenham sido elaboradas para aplicação em turmas do primeiro ano do Ensino Médio com chances de desenvolver um trabalho interdisciplinar com outras disciplinas, a aplicação dos cenários ocorreu em uma das oficinas realizadas pelas ações integradas entre bolsistas de ambos programas PIBID e RP. Os resultados apontam que a utilização do filme escolhido, no qual apresenta dilemas e conflitos humanos e, ainda como pano de fundo, o amor à Matemática, tem como possibilidades desenvolver a implementação da ERER no ensino de Matemática e favorecer, nas/nos adolescentes e jovens do Ensino Médio o desenvolvimento de um olhar para além dos números, ao redor deles e através deles.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1545817 - MARIA BATISTA LIMA
Interno - 1344550 - VELEIDA ANAHI DA SILVA
Interno - 2223284 - DENIZE DA SILVA SOUZA
Externo à Instituição - CRISTIANE COPPE DE OLIVEIRA
Notícia cadastrada em: 29/03/2021 14:12
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r15440-bf36319aa9