Notícias

Banca de DEFESA: ELISANGELA DE ANDRADE SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ELISANGELA DE ANDRADE SANTOS
DATA: 30/04/2012
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do DED
TÍTULO:

RELAÇÃO ENTRE MONITORES DE UM MUSEU DE CIÊNCIAS COM A TRANSPOSIÇÃO DO CONHECIMENTO CIENTÍFICO: UM ESTUDO DE CASO


PALAVRAS-CHAVES:

 Espaço informal, Ciência, Monitores.


PÁGINAS: 140
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

O presente trabalho busca analisar de que maneira se processam possíveis relações entre os monitores da Casa de Ciências e Tecnologia da Cidade de Aracaju (CCTECA) e a transposição dos conhecimentos científicos neste espaço de educação informal. Foi escolhido este espaço de educação informal por ser o único existente no Estado de Sergipe. Foram utilizados questionários semi estruturados para um melhor entendimento das ideias do público de estudo. A partir das informações obtidas nos questionários, analisou-se a relação dos monitores com a CCTECA, com os visitantes e com as experimentações. Nas investigações, foram selecionados alguns experimentos específicos para analisar e identificar a relação dos monitores com as transposições dos conhecimentos científicos. Foram realizadas observações e gravações das explicações apresentadas pelos monitores sobre os experimentos; posteriormente, as falas dos monitores foram transcritas para categorização e análises. As transcrições das gravações foram agrupadas a fim de se estudar de que maneira ocorria a transposição dos conteúdos científicos mencionados pelos monitores, como também as relações que tais monitores faziam dos experimentos com o cotidiano. Também foi realizada uma análise das transcrições de dois monitores nas interações com públicos diferentes, a fim de averiguar se havia variações nas transposições dos conhecimentos científicos e nos questionamentos devido os diferentes públicos. Na CCTECA ocorrem exibições de aparatos experimentais destinados à abordagem de temas científicos. Baseado nos resultados das análises das transcrições percebeu-se que os monitores utilizam da transposição dos conhecimentos científicos para públicos variados por meio de métodos reproducionista, sem problematizar o conhecimento científico. Se os monitores aplicassem a mediação eles, por ocuparem um papel central nos museus de ciências, seriam mediadores entre as concepções prévias dos visitantes e o conhecimento científico, facilitando a alfabetização científica.

 


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1674029 - ACACIO ALEXANDRE PAGAN
Presidente - 1296993 - DIVANIZIA DO NASCIMENTO SOUZA
Externo à Instituição - ROBERTO NARDI - UNESP
Notícia cadastrada em: 26/04/2012 11:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r15368-99f189d34b