Notícias

Banca de DEFESA: MONICA TELES SANTOS DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MONICA TELES SANTOS DE OLIVEIRA
DATA: 28/02/2020
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Seminários - DMA/UFS
TÍTULO: O PROCESSO DE IDENTIFICAÇÃO PROFISSIONAL DE FUTUROS PROFESSORES E SUA RELAÇÃO COM O SABER: UM OLHAR SOBRE ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS NO ENSINO DE MATEMÁTICA (DMA/SC/UFS)
PALAVRAS-CHAVES: Identidade Profissional. Relação com o Saber. Estágio Supervisionado em Matemática. Formação Inicial.
PÁGINAS: 120
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Currículo
RESUMO:

Este trabalho investiga sobre o processo de identificação profissional de futuros professores de Matemática, a partir das contribuições que esses sujeitos identificam ao cursarem os Estágios Curriculares Supervisionados em Ensino de Matemática (ECS). Trata-se de uma pesquisa de campo, sob abordagem qualitativa com fins exploratório e explicativo, impulsionada pelo seguinte questionamento: Quais as contribuições que os Estágios Supervisionados no Ensino de Matemática do curso Licenciatura em Matemática da Universidade Federal de Sergipe (Campus São Cristóvão) apresentam para a construção da identidade profissional dos futuros professores de Matemática? Para respondê-la, inicialmente o estudo baseou-se em textos de autores como como Arroyo (2013), Charlot (2000, 2005), Dubar (2005), Nóvoa (1995, 2009), Tardif (2002) e Valente (2008). Os dados foram coletados, junto aos estudantes regularmente matriculados na disciplina de Estágio Supervisionado em Ensino de Matemática III no semestre 2018/2, do curso Licenciatura em Matemática da Universidade Federal de Sergipe (Campus São Cristóvão), os quais já haviam cursado os outros dois estágios obrigatórios no referido curso (ECS I e ECS II). Os principais instrumentos de coleta de dados foram produção textual e entrevistas semi-estruturadas, além das ementas curriculares das referidas disciplinas (ECS I; ECS II; ECS III). A partir dos pressupostos teóricos, compreendeu-se que os sujeitos participantes da pesquisa atribuem aos Estágios Supervisionados, o desenvolvimento de saberes relacionados à docência com ênfase aos saberes pedagógicos da profissão. A partir das relações epistêmica, social e identitária da teoria Relação com o Saber (teoria que norteou a metodologia de análise dos dados), os sujeitos constituíram saberes que contribuem para reflexão sobre a docência, sob uma perspectiva diferenciada daquela que tinham quando eram alunos do Ensino Básico. Dessa forma, os ESC contribuíram de maneira positiva para o processo de identificação profissional desses estagiários investigados em nossa pesquisa. Os resultados estão em conformidade com outras pesquisas sobre Estágio Supervisionado no Ensino de Matemática e com alguns teóricos (Charlot 2000; Fiorentini 2003, 2013; e Pimenta 1999, 2010, 2012), quando os estagiários atribuem os ECS do Campus São Cristóvão da Universidade Federal de Sergipe como lócus de seu desenvolvimento profissional, reflexão sobre a docência e momento de construção de uma identidade profissional. Para esses participantes, os momentos de reflexão e de discussões que ocorrem durante os Estágios Supervisionados em Ensino de Matemática, antes e após o período de regência, são relevantes para a construção do processo de sua identificação profissional.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2223284 - DENIZE DA SILVA SOUZA
Interno - 1546518 - IVANETE BATISTA DOS SANTOS
Interno - 1545817 - MARIA BATISTA LIMA
Externo ao Programa - 1646555 - TERESA CRISTINA ETCHEVERRIA
Notícia cadastrada em: 03/02/2020 13:40
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r15440-bf36319aa9