Notícias

Banca de DEFESA: POLIANA PEREIRA DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: POLIANA PEREIRA DA SILVA
DATA: 19/02/2020
HORA: 14:00
LOCAL: A definir
TÍTULO: CULTURA DA CONVERGÊNCIA APLICADA AO ENSINO DA TABELA PERIÓDICA
PALAVRAS-CHAVES: Cultura da Convergência. Tabela Periódica. Sequência Didática. Ensino de Química. Smartphone.
PÁGINAS: 98
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Ensino-Aprendizagem
RESUMO:

A presente investigação trata da elaboração, aplicação e análise de uma proposta pedagógica destinada aos professores de Ciências que desejam trabalhar com a Tabela Periódica de maneira lúdica e assertiva. Sob a perspectiva da Cultura da Convergência, Jenkins (2009), utilizamos o smatphone e as redes sociais como aliados ao longo de todo o processo. Acreditamos que a convergência midiática, a cultura participativa e a inteligência coletiva podem contribuir para a inserção das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) na sala de aula e, de forma mais específica, no ensino da Tabela Periódica. Sendo assim, a partir da seguinte questão central “como a Cultura da Convergência pode facilitar o ensino da Tabela Periódica?”, surgiu a presente pesquisa, que tem como objetivo geral o compromisso de compreender como uma sequência didática (SD) ancorada na Cultura da Convergência pode contribuir no ensino da Tabela Periódica. A fim de desenvolver melhor o tema, além do autor supracitado, buscamos apoio nos três momentos pedagógicos de Delizoicov, Angotti e Pernambuco (2009) para a construção da SD; nas colocações de Marchand (1987) e Silva (2000) acerca da comunicação interativa; em algumas considerações de Lévy (1999) sobre interatividade; em Vasconcelos (2016; 2017), destacando a questão da interatividade no contexto educacional; nas reflexões de Braga (2013) sobre a tecnologia e as mudanças no processo de ensinar e aprender; na abordagem clássica de Castells (1999) sobre a revolução das TIC; em Schnetzler (2002), ressaltando o valor da formação continuada e a importância do professor/pesquisador de Química e, por fim, em César, Reis e Aliane (2015), com algumas reflexões sobre o ensino da Tabela Periódica. Com abordagem qualitativa, Minayo (2001), e do tipo investigação sobre a prática, Ponte (2002), a pesquisa foi aplicada com 27 alunos do 9º ano do ensino fundamental de uma escola da rede pública estadual de ensino localizada no município de Aracaju/SE. Os dados foram coletados através de um teste de sondagem (questionário com questões abertas e fechadas) e dos registros escritos dos alunos, das observações feitas pelo professor/investigador e dos comentários e depoimentos registrados nas redes sociais. As atividades desenvolvidas – palestra interativa, concurso de imagens e stop motion – foram elaboradas visando a confecção final de uma Tabela Periódica Gigante. Para a análise dos dados fizemos uso de uma adaptação da análise de conteúdo proposta por Bardin (2011), criando categorias de análise que nos ajudaram a responder satisfatoriamente a questão central desta pesquisa. Acreditamos que os frutos dessa investigação são de extrema relevância para contribuir com o ensino da Tabela Periódica considerando que visam atender a demanda atual da educação de formar cidadãos ativos na construção do conhecimento e alunos que exercem o protagonismo no processo ensino-aprendizagem.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 3134383 - CARLOS ALBERTO DE VASCONCELOS
Interno - 472.701.795-49 - ADJANE DA COSTA TOURINHO E SILVA
Externo à Instituição - MARLENE RIOS MELO
Externo à Instituição - CARLONEY ALVES DE OLIVEIRA
Notícia cadastrada em: 04/11/2019 09:52
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - bigua3.bigua3 v3.5.16 -r15440-bf36319aa9