Notícias

Banca de DEFESA: ERESSIELY BATISTA OLIVEIRA CONCEIÇÃO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ERESSIELY BATISTA OLIVEIRA CONCEIÇÃO
DATA: 25/03/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Seminários [DMA-UFS]
TÍTULO: SINGULARIDADES E SUBJETIVIDADES DE UM GRUPO DO PIBID NA ÁREA DE MATEMÁTICA: CONTRIBUIÇÕES PARA O PROCESSO DE FORMAÇÃO DE IDENTIDADE PROFESSORAL
PALAVRAS-CHAVES: Singularidades e subjetividades. PIBID-Matemática. Formação inicial.
PÁGINAS: 235
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Ensino-Aprendizagem
ESPECIALIDADE: Métodos e Técnicas de Ensino
RESUMO:

Esta pesquisa realiza um estudo sobre um dos programas da atual política educacional quanto à formação inicial de professores, sobretudo nas potencialidades do Programa de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), como espaço de construção da identidade docente. Além de buscar entender o sentido que os bolsistas de iniciação à docência (ID) atribuem na sua Relação com o Saber para a construção identidade professoral, nesse processo de formação. Para tanto, temos como público alvo da investigação, licenciandos em Matemática da Universidade Federal de Sergipe/Campus São Cristóvão (UFS/SC), sendo eles, ex-bolsistas do PIBID, dentre os quais, formou-se um grupo focal com 10 licenciandos que integravam um dos subgrupos do PIBID da área de Matemática/UFS/SC. Ao acompanharmos esse processo de formação docente de licenciandos em Matemática, alguns questionamentos emergiram, chegando à questão central de pesquisa: Qual o sentido e quais significados que bolsistas de iniciação à docência do PIBID da área de Matemática/UFS/SC atribuem ao seu processo de formação docente ao participarem deste programa?Para respondê-la, tivemos como base teórica, os pressupostos da Relação com o Saber de Bernard Charlot (1979, 2005, 2006, 2013), buscando associar suas ideias aos pressupostos de Fleck (2010) sobre estilos de pensamento. Outros autores também subsidiaram o estudo, constituindo-o em natureza qualitativa como pesquisa participante. Os procedimentos metodológicos foram de modo exploratório e descritivo, na perspectiva de identificar e analisar como ações dos bolsistas investigados contribuem a terem um sentido quanto ao seu processo formativo, com singularidades e subjetividades. Também, foi observado como se estabelecem as figuras do aprender desses sujeitos para o exercício da profissão docente. No decorrer da pesquisa, a coleta de dados se constituiu com aplicação de questionário, observação e participação em reuniões e Oficinas de Matemática (projeto de extensão), análise documental (registros, artigos e relatórios), diário de bordo, elaboração de mapa conceitual e entrevistas nos encontros de grupo focal. A análise dos dados foi sistematizada pela identificação de palavras relevantes que se constituíram em subcategorias e categorias, como forma de constelações que deram representatividade aos sentidos e significados atribuídos pelos sujeitos da pesquisa. Ou seja, para esses sujeitos, o sentido atribuído ao PIBID implica nas singularidades que são representadas pelas subcategorias trabalhadas no processo de análise, a exemplo do Saber matemático e área de atuação; Aprendizagem; Atividade; Exercício da Docência; Coletividade; Produção; Singularidade do grupo. As relações estreitadas como categorias sobre a Relação com o Saber que instituíram nesse espaço de formação, dão significados aos bolsistas ID em participarem do programa PIBID, foram elas: a própria relação social com o saber (matemático), por sua vez implicando nas dimensões epistêmica, identitária e social (relação com o outro e consigo mesmo), além da disposição mobilizacional com o saber, pelo desejo de aprenderem a ser professores de Matemática, fazer pesquisa científica, além de atuarem com ações de extensão. Nessas relações se estabelecem as subjetividades desses bolsistas ID, sob uma coletividade singular do próprio grupo, o que gera um Coletivo de Pensamento.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2223284 - DENIZE DA SILVA SOUZA
Interno - 574.597.205-00 - LAERTE SILVA DA FONSECA
Interno - 1212624 - EDINÉIA TAVARES LOPES
Externo ao Programa - 1646555 - TERESA CRISTINA ETCHEVERRIA
Notícia cadastrada em: 17/03/2019 10:33
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r15440-bf36319aa9