Notícias

Banca de DEFESA: DRIANE ANNE SILVA DE SANTANA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DRIANE ANNE SILVA DE SANTANA
DATA: 27/02/2019
HORA: 14:30
LOCAL: SECRETARIA DO NPGECIMA - DID 02
TÍTULO: CAPACIDADES DE PENSAMENTO CRÍTICO: CONSTRUÇÃO E VALIDAÇÃO DE UM INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO
PALAVRAS-CHAVES: Capacidades de Pensamento Critico; Instrumentos de avaliação; Ensino de Ciências
PÁGINAS: 94
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Planejamento e Avaliação Educacional
RESUMO:

O desenvolvimento de capacidades de pensamento crítico tem sido evidenciado em diferentes documentos oficiais no ensino de ciências da natureza. Esta pesquisa é de natureza exploratória-descritiva com uma abordagem multimétodos que teve como objetivo construir e validar um instrumento para avaliar capacidades de pensamento crítico em estudantes de química do Ensino Médio. A construção dos itens baseou-se no Cornell Critical Thinking Test - Level X (Teste pensamento crítico de Cornell-Nível X) e do referencial teórico de pensamento crítico de Ennis (1985). O instrumento ficou composto por 20 itens, agrupados em cinco domínios ou áreas de capacidade de pensamento crítico: indução, dedução, observação, credibilidade e assunções. O teste de pensamento crítico (TPC) passou por duas validações, uma externa (estudantes e juízes especialistas) e outra interna (análise fatorial e consistência interna). Nesse processo complexo de validação, o TPC foi administrado duas vezes (versão piloto e coletiva) utilizado para avaliar a desenvolvimento de capacidades de pensamento crítico em uma amostra total de 372 estudantes de química da primeira e terceira série do Ensino Médio de Aracaju-Sergipe. A consistência interna dos domínios estimada pelo alfa de Cronbach variou de 0,527 na versão piloto para 0,546 quando administrado coletivamente. A análise fatorial confirmou o modelo conceitual e os domínios propostos, porém mostrou a necessidade de alocar alguns itens entre os domínios. O teste indicou que na amostra de estudantes que participaram da pesquisa há manifestações de capacidades de pensamento crítico, principalmente nas áreas de credibilidade e observação. Os resultados das análises estatísticas mostraram que construir e validar o TCP, este é um processo complexo que necessita da compreensão de quem analisam além de que o instrumento mostra ser adequado, mas que deve ser reformulado e ser acrescentado mais itens.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1629742 - EDSON JOSE WARTHA
Interno - 487.838.700-91 - SUZI SAMÁ PINTO
Externo ao Programa - 2786515 - ULISSES VIEIRA GUIMARAES
Notícia cadastrada em: 14/02/2019 11:56
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - bigua3.bigua3 v3.5.16 -r15440-bf36319aa9