Notícias

Banca de DEFESA: RENATA SUELLEN BOMFIM SOUZA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RENATA SUELLEN BOMFIM SOUZA
DATA: 20/02/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de reuniões CCET
TÍTULO: Possíveis contribuições de Atividades Investigativas para o desenvolvimento de capacidades do Pensamento Crítico
PALAVRAS-CHAVES: Ensino de Ciências, Atividades Investigativas, Pensamento Crítico.
PÁGINAS: 110
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Ensino-Aprendizagem
RESUMO:

Uma atividade investigativa (AI) é uma abordagem baseada na resolução de problemas, possibilitando que os alunos se envolvam na construção do conhecimento. Diversos autores defendem o uso das AI para o desenvolvimento da formação crítica de indivíduos, ou seja, desenvolver pensamento crítico. Contudo, como garantir que uma abordagem investigativa irá atender a estes objetivos? É necessário considerar fatores relacionados as AI que influenciam e potencializam sua abordagem e que remetam a construção de conhecimentos aliado ao aprimoramento de atitudes e valores, essenciais na formação crítica dos estudantes, direcionado pela mobilização de aspectos do pensamento crítico na educação científica. Logo, o objetivo principal desta pesquisa será o de investigar quais as capacidades do Pensamento Crítico as Atividades Investigativas podem recorrer para a construção de conhecimentos, atitudes e valores numa perspectiva investigativa, abordada em uma oficina temática, atividade característica do PIBID, que defende no ensino de Ciências a promoção de competências e habilidades. Tendo esse contexto, com base em fundamentos teóricos das AI e da Teoria do Pensamento Crítico (PC) no ensino, propomos nesta dissertação, uma investigação sobre potenciais capacidades do PC manifestadas em estudantes que passam por abordagens AI. Como forma de relacionar AI e PC nessas abordagens, na forma de um primeiro artigo, buscamos em documentos oficiais que regem o ensino de Química no Brasil sobre competências e habilidades tecer possíveis relações com capacidades do PC potencialmente manifestadas em estudantes. Sendo assim, a presente pesquisa inicialmente apresenta um possível alinhamento entre capacidades do PC com competências e habilidades em documentos oficiais, como os Parâmetros Curriculares, visto que, os documentos oficiais brasileiros pregam a promoção de competências no âmbito do ensino de Ciências como meio de formação do aluno crítico, dessa forma, podemos fazer uma aproximação das competências às capacidades do PC. No segundo momento, há uma investigação a ser discutida por um segundo artigo, que discutirá os dados coletados por meio de aplicações de AI, a fim de verificar se houve manifestação de capacidades do PC na prática de sala de aula. Na análise documental realizada inicialmente, percebe-se que as competências propostas pelos PCN+ propiciam principalmente a manifestação de capacidades elementares do PC, indicando que o ensino brasileiro está focado no desenvolvimento de capacidades básicas na formação crítica de indivíduos, seguindo o raciocínio do referencial adotado. A coleta de dados ocorreu em quatro turmas distintas e será respaldada pelo referencial teórico de Análise de Conteúdo (Bardin), para investigar as ideias dos alunos e verificar se houve a manifestação de capacidades do PC propostas pela AI, esperando identificar uma perspectiva de entrelaçamento entre as capacidades do PC e competências e habilidades ligadas as AI, pelo menos no que tange a prática em sala de aula, proporcionando ainda uma reflexão sobre as ações do PIBID.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1655045 - ERIVANILDO LOPES DA SILVA
Interno - 2448855 - TIAGO NERY RIBEIRO
Externo à Instituição - FABIANA DA SILVA KAUARK
Notícia cadastrada em: 29/01/2019 11:01
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r15440-bf36319aa9