Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: FABIANE BRANDÃO NOGUEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FABIANE BRANDÃO NOGUEIRA
DATA: 28/08/2018
HORA: 09:00
LOCAL: Departamento de Física - Sala 2
TÍTULO: PERFIL METODOLÓGICO DO DESENVOLVIMENTO DE SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS PARA O ENSINO DE QUÍMICA DESCRITAS EM PRODUÇÕES ACADÊMICAS DA REGIÃO NORDESTE
PALAVRAS-CHAVES: Sequência Didática; Ensino de Ciências; Química
PÁGINAS: 45
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Ensino-Aprendizagem
ESPECIALIDADE: Métodos e Técnicas de Ensino
RESUMO:

Faz-se cada vez mais necessário que os professores apliquem na sala de aula atividades de ensino inovadoras, que levem os estudantes a evoluir quanto aos conceitos relacionados aos conteúdos curriculares e em habilidades e atitudes. Porém, é importante que os professores planejem as atividades a fim de instruir os estudantes da maneira adequada, para que esses possam alcançar os objetivos propostos no planejamento (Carvalho e Perez, 2001). Nessa perspectiva, o interesse pelo desenvolvimento e difusão de Sequências Didáticas (SD) no Ensino de Química têm crescido significativamente em todo o Brasil. Com o objetivo de pesquisar sobre o avanço desta tendência didática no Nordeste do Brasil e traçar um perfil metodológico dessas sequências didáticas, neste estudo foram analisadas 18 dissertações de mestrado e uma tese de doutorado que possuem esta temática como foco. Esses trabalhos foram defendidos em Programas de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática no período entre 2000 e 2017. Com esta pesquisa, busca-se também contribuir para a elaboração de outras sequências didáticas para química, otimizar o tempo de elaboração delas e divulgar os temas já abordados naquelas publicadas. O levantamento desses documentos foi realizado via Banco de Dados de Teses e Dissertações (BDTD) e repositórios de documentos eletrônicos das universidades do Nordeste. Os descritores utilizados foram: sequência didática; química; e sequência de ensino aprendizagem. A metodologia da pesquisa está ancorada na análise de conteúdo de Bardin (2011). As sequências didáticas foram categorizadas a partir das respectivas fundamentações teóricas apresentadas nos documentos analisados. Considerando-se os dados obtidos até aqui, observa-se que alguns dos trabalhos não possuem embasamento teórico adequado para elaboração e validação de SD. Ainda, evidencia-se o uso frequente de experimentação como um recurso didático, devido a aproximação que o experimento proporciona entre a teoria e a prática.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1296993 - DIVANIZIA DO NASCIMENTO SOUZA
Interno - 1039338 - ADJANE DA COSTA TOURINHO E SILVA
Externo à Instituição - BRUNO FERREIRA DOS SANTOS
Notícia cadastrada em: 15/08/2018 09:08
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r15440-bf36319aa9