Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: FERNANDA VIANA DOS SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FERNANDA VIANA DOS SANTOS
DATA: 27/08/2018
HORA: 14:00
LOCAL: Laboratório de Ensino de Matemática (DMA)
TÍTULO: ORIENTAÇÕES PARA O ENSINO DO SABER FRAÇÃO NO PRIMÁRIO: dos documentos oficiais as revistas pedagógicas (1890-1960)
PALAVRAS-CHAVES: Fração. Ensino primário. Programa de ensino. Revistas Pedagógicas.
PÁGINAS: 72
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
RESUMO:

Neste texto é apresentado o resultado de uma pesquisa que teve por objetivo caracterizar as orientações para o ensino das frações na escola primária em documentos oficiais e revistas pedagógicas brasileiras no período de 1890 a 1960. A partir de um mapeamento de pesquisas que abordavam de alguma forma as frações no ensino primário foi identificado que estas estavam inseridas não apenas na disciplina Aritmética mas também em Geometria. Por essa razão, a opção foi considerar tais assertivas no levantamento das fontes utilizadas na pesquisa. Como fundamentação teórica para os principais conceitos foram utilizados Valente (2013), para compreensão sobre a história da educação matemática, Bloch (2002) sobre o ofício do historiador e Ragazzini (2001), a respeito de fontes históricas. Como fontes foram utilizados a documentação oficial e periódicos originários de diversos Estados da federação, a saber, Alagoas, Bahia, Espirito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina. Sergipe e São Paulo. Para atingir o objetivo proposto foram examinados inicialmente os documentos oficiais, por meio do exame efetuado nas prescrições oficiais brasileiras localizadas no repositório digital da UFSC, foi identificado que de mil trezentos e vinte e seis (1326) arquivos, cinquenta e oito (58) apresentam orientações acerca do ensino das frações a nível primário, dentro do marco temporal de 1890 a 1959. Como resultados preliminares, pode-se ressaltar que as legislações, até o momento, apresentam em menor ou maior proporção, incorporação em seus textos de orientações para uso do método intuitivo/lições de coisas de maneira geral para o ensino primário brasileiro. Partindo desse pressuposto, tem-se uma caracterização inicial que consiste em um caráter prático, ou ainda, há uma relação das frações com a realidade dos alunos, dito de outra forma, havia uma preocupação dos governantes a época, com exceção do Estado Espirito Santo, os demais buscaram relacionar as frações a noções utilizadas no cotidiano pelos alunos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1546518 - IVANETE BATISTA DOS SANTOS
Interno - 2223284 - DENIZE DA SILVA SOUZA
Externo à Instituição - MOYSES GONÇALVES SIQUEIRA FILHO
Notícia cadastrada em: 08/08/2018 13:17
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r15440-bf36319aa9