Notícias

Banca de DEFESA: RUBIANA PASSOS CUSTÓDIO BANDEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RUBIANA PASSOS CUSTÓDIO BANDEIRA
DATA: 09/03/2018
HORA: 14:00
LOCAL: Sala 6B da Biologia UFS São Cristóvão
TÍTULO: HUMANIZANDO A AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM CIÊNCIAS: SOB O OLHAR DAS HABILIDADES SOCIOEMOCIONAIS
PALAVRAS-CHAVES: Professores, Escola, Não cognitivo.
PÁGINAS: 126
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Biologia Geral
RESUMO:

A atual educação centrada no conhecimento e saberes científicos não consegue suprir a formação dos indivíduos em todos os âmbitos, sendo necessário para uma formação completa e eficaz, levar em consideração todos os aspectos que constroem o sujeito, dentre eles as necessidades sociais e emocionais. Esse estudo consiste em uma análise sobre a utilização das Habilidades Socioemocionais (HSE) como um elemento humanizador da avaliação na aprendizagem em Ciências. Tem como objetivo compreender a avaliação da aprendizagem e as HSE na perspectiva de alguns docentes da área de ciências da natureza, e refletir sobre as possibilidades e dificuldades da sua utilização associada ao processo de avaliação. Assim o trabalho buscará responder a seguinte questão: Quais as possibilidades e dificuldades de utilizar no processo avaliativo da aprendizagem um olhar voltado as HSE? A pesquisa tem um olhar na abordagem qualitativa, e como instrumentos adotados se baseou na combinação entre diferentes estratégias: aplicação de entrevistas, realização de oficina incorporando as HSE à avaliação; e por fim grupo focal. Em suma o trabalho tem duas etapas, a primeira consiste em analisar as concepções de 11 docentes da área de ciências da natureza acerca da avaliação da aprendizagem e as HSE. Já a segunda, propõem apresentar os conhecimentos sobre HSE na educação, incentivando a utilização de métodos baseado em um olhar mais subjetivo para o processo avaliativo, e por fim refletir junto com os docentes sobre as possibilidades e dificuldades da utilização dos métodos propostos. O trabalho mostra ainda de maneira inicial a importância de estimular a construção de um olhar mais subjetivo diante do aluno e da prática avaliativa. Para isso é necessário ouvir os professores, suas práticas avaliativas e as suas necessidades nesse processo. Diversos autores reiteram a importância de ouvir o professor nesse fazer avaliativo, pois há uma escassez de pesquisas que se dedicam a esse fato. Assim, percebemos que é possível construir um caminho para uma real mudança nas concepções e na ação pedagógica dos docentes, para isso é necessário estimular a formação, tanto inicial quanto continuada, coerente com essa proposta pedagógica. Dessa maneira, a importância desse trabalho é tornar a avaliação socioemocional menos subjetiva e mais transparente, de modo que os alunos sejam protagonistas na tarefa de construir sua formação e aprendizagem.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2926781 - YZILA LIZIANE FARIAS MAIA DE ARAUJO
Interno - 1674029 - ALICE ALEXANDRE PAGAN
Externo ao Programa - 1048560 - ALINE LIMA DE OLIVEIRA NEPOMUCENO
Notícia cadastrada em: 01/03/2018 10:07
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r15440-bf36319aa9