Notícias

Banca de DEFESA: EVERTON SANTOS OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: EVERTON SANTOS OLIVEIRA
DATA: 19/01/2018
HORA: 14:00
LOCAL: Miniauditório CCET ( A confirmar)
TÍTULO: Fenômenos Elétricos e Estrutura da Matéria: tecendo relações entre os estudos de Michael Faraday e as concepções dos estudantes
PALAVRAS-CHAVES: Abordagem Contextual, Concepções em Eletroquímica, Michael Faraday
PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

As reformas curriculares ocorridas nas últimas décadas têm promovido mudanças nos objetivos e abordagens do Ensino de Ciências; nesse contexto, surge a defesa da inserção da História da Ciência através da Abordagem Contextual proposta pelo professor Michael R. Matthews, ou seja, a apresentação do contexto sócio-histórico que permeia o conhecimento científico em conjunto com a abordagem dos conceitos. Como objetivo propõe-se investigar como os constructos teóricos de Michael Faraday podem contribuir no âmbito do Ensino de Ciências, através da Abordagem Contextual, para compreensões cientificamente mais estruturadas quanto à Natureza Elétrica da Matéria, tendo como referência o levantamento das concepções dos estudantes expressas na literatura. A hipótese levantada é que a relação entre fenômenos elétricos e estrutura da matéria já pode ser pensada à luz dos constructos de Michael Faraday, mostrando a necessidade de se entender como as “partículas” se comportavam na eletrólise realizada por esse cientista. A coleta dos dados foi realizada através da Pesquisa Bibliográfica, que consistiu na elaboração e esboço dos procedimentos metodológicos que guiaram a busca e o detalhamento das fontes; para o tratamento dos dados utilizou-se da Análise de Conteúdo, que consiste na exposição e interpretação do conteúdo de toda classe de documentos e textos a partir de descrições sistemáticas e inferências. As categorias estabelecidas a priori foram construídas em concordância com as concepções dos estudantes obtidas através da literatura e com a proposta da Abordagem Contextual, sendo elas: Mecanismos que teorizam a constituição da matéria; Composição da matéria e sua relação com a eletricidade; Controvérsias entre Ideias; e Influências externas na produção do conhecimento científico. No que se refere as concepções dos estudantes expressas na literatura, em aspectos gerais os resultados apontam que os estudantes propõem modelos atômicos sem considerarem seu contexto de aplicação, não reconhecem a perda/transferência de elétrons como um modelo possível, possuem dificuldades para explicar a natureza e mobilidade dos íons, assim como relacionar a mobilidade de íons à formação da corrente elétrica. Os resultados permitem inferir que as concepções apresentadas por estudantes nos níveis médio e universitário apresentam aproximações com as ideias postas em debate durante o período sócio-histórico de Michael Faraday. Os elementos oriundos deste estudo, os quais estão pautados na tríade Ensino-Historiografia-Abordagem Contextual, são passiveis de inserção na abordagem de sala de aula e podem potencializar a compreensão conceitual, assim como a dinâmica do empreendimento científico.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1655045 - ERIVANILDO LOPES DA SILVA
Interno - 1629742 - EDSON JOSE WARTHA
Externo à Instituição - MARCOS ANTONIO PINTO RIBEIRO
Notícia cadastrada em: 14/12/2017 17:27
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - bigua3.bigua3 v3.5.16 -r15440-bf36319aa9