Notícias

Banca de DEFESA: JOSÉ WILDSON DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSÉ WILDSON DOS SANTOS
DATA: 31/03/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Aula do PPGS
TÍTULO: ENSINO PARA SAÚDE EM ESCOLAS DA REDE PÚBLICA ESTADUAL DE SERGIPE
PALAVRAS-CHAVES: Ensino para a Saúde, Interdisciplinaridade, Pesquisa Ação
PÁGINAS: 120
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Currículo
RESUMO:

Sempre se buscou tendenciosamente conceber a saúde pelo viés unilateral das ciências biológicas. Estar saudável era compreendido enquanto uma relação de ação-reação onde devíamos simplesmente praticar atividades físicas, cuidar da higiene pessoal e manter bons hábitos alimentares. Assim, acreditava-se que cabia exclusivamente às ações individuais para se manter saudável. A conceituação apresentada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em meados do século XIX defende que a saúde é um estado de perfeito bem estar físico, mental e social, o que nos trouxe a necessidade de repensarmos o próprio ser humano, procurando concebê-lo enquanto um todo composto por diferentes partes. Com estas premissas, acreditamos que se torna fundamental que a escola, o locus de investigação da presente pesquisa, procure desenvolver uma política educacional voltada para o ensino da saúde pautado na perspectiva da omnilateralidade, procurando compreender o ser como um todo e a partir daí procurar intervir na perspectiva da totalidade, evitando a fragmentação. Com esta compreensão e para o desenvolvimento da presente pesquisa realizamos um diagnóstico referente ao ensino para saúde, e após detectados e analisados os possíveis problemas, foram deliberadas coletivamente pelo corpo docente diferentes ações que procurassem promover uma melhora qualitativa no processo de ensino em nossa instituição educacional. Assim, contribuir na melhoria do ensino para a saúde nas escolas da rede pública estadual de Sergipe, tomando como modelo nossa amostra foi o objetivo principal da nossa intervenção. A abordagem adotada enquanto metodologia foi o estudo de caso e o método, a pesquisa-ação, a qual se caracteriza enquanto uma ação voluntária, racional e crítica capaz de transformar uma dada realidade a partir da intervenção coletiva e intencional dos pares de uma dada realidade. Acreditamos que a melhora qualitativa do ensino dos professores voltado para a compreensão da saúde como um todo, integrado e interligado, contribui significativamente para a construção da cidadania para a saúde dos seus discentes.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 3134383 - CARLOS ALBERTO DE VASCONCELOS
Interno - 1545817 - MARIA BATISTA LIMA
Externo ao Programa - 2465813 - MICHELE DE FREITAS FARIA DE VASCONCELOS
Notícia cadastrada em: 06/03/2017 16:55
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - bemtevi1.bemtevi1 v3.5.16 -r15440-bf36319aa9