Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: THISCIANE ISMERIM SILVA SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THISCIANE ISMERIM SILVA SANTOS
DATA: 08/09/2016
HORA: 14:00
LOCAL: sala de reuniões NPGECIMA
TÍTULO: Ecossistemas Urbanos no Ensino de Ecologia: uma experiência em escolas do entorno da APA Morro do Urubu, Aracaju, SE
PALAVRAS-CHAVES: Ensino de Ecologia; Ecossistemas Urbanos; Sequência Didática
PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Ensino-Aprendizagem
ESPECIALIDADE: Métodos e Técnicas de Ensino
RESUMO:

O crescimento desordenado das áreas urbanas, estimulado pelo processo de industrialização, gerou problemas de ordem social, econômica, cultural e ambiental. É necessário analisar as cidades como ecossistemas, ecossistemas urbanos, ambientes heterotróficos e com grande relação de dependência com os ecossistemas naturais. Pode-se dizer que essa relação é desarmônica, na medida em que os recursos extraídos do ambiente natural para o urbano não são repostos e os resíduos produzidos por este não são recicláveis. Este fato acarreta na degradação do meio ambiente, o que prejudica não somente os remanescentes de ecossistemas naturais nelas ainda inseridos, mas também a qualidade de vida das suas populações. Nesse sentido, a escola pode contribuir para a formação de cidadãos críticos e comprometidos com o meio em que vivem. Por esta razão, o presente trabalho tem por objetivo desenvolver e analisar uma Sequência Didática (SD), elaborada colaborativamente com docentes de Biologia de escolas públicas presentes no entorno da APA Morro do Urubu, um remanescente de Mata Atlântica localizado na malha urbana da cidade de Aracaju, SE. As atividades da SD abordarão as relações entre ecossistemas naturais e urbanos, de modo a incluir o contexto local, no qual a presente pesquisa será realizada. Quanto ao seu delineamento metodológico, a pesquisa está dividida em quatro etapas: 1) Investigação dos conteúdos de Ecologia, estratégias didáticas e recursos de maior interesse para os docentes envolvidos na elaboração da SD; 2) Construção da SD; 3) Análise colaborativa para aperfeiçoamento e adequação da SD, por esses docentes; e 4) Aplicação e avaliação da eficácia da SD. Espera-se que a construção desse recurso didático possa contribuir para a melhoria do processo de ensino a respeito dos conteúdos de Ecologia e, por conseguinte, para um processo de aprendizagem e formação de alunos como sujeitos ecológicos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 265070 - MYRNA FRIEDERICHS LANDIM DE SOUZA
Interno - 426682 - CARMEN REGINA PARISOTTO GUIMARAES
Externo ao Programa - 2019986 - MARCIA ALEXANDRA ROCCA DE ANDRADE
Notícia cadastrada em: 30/07/2016 21:01
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - bigua3.bigua3 v3.5.16 -r15368-99f189d34b