Notícias

Banca de DEFESA: RAFAEL PINA LIMA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RAFAEL PINA LIMA
DATA: 31/03/2016
HORA: 19:00
LOCAL: SALA DE AULA - DID 6 -POS - 014
TÍTULO: TECNOLOGIA E SOCIEDADE: TESTE DE DESEMPENHO ESCOLAR EM CIÊNCIAS
PALAVRAS-CHAVES: Teste de desempenho; Tecnologia e Sociedade; Ensino de Ciências.
PÁGINAS: 187
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Planejamento e Avaliação Educacional
ESPECIALIDADE: Avaliação de Sistemas, Instituições, Planos e Programas Educacionais
RESUMO:

Nas últimas três décadas, o Brasil avançou significativamente no campo da pesquisa envolvendo sistemas de avaliações, fato este evidenciado pelo aumento expressivo de sistemas estaduais de avaliação. Estudos recentes revelaram que poucas unidades federativas nunca instituíram seus próprios sistemas de avaliação, participando apenas dos sistemas nacionais como o Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB) e do Exame Nacional do Ensino médio (ENEM). Nesta perspectiva, a presente dissertação teve como objetivo o desenvolvimento de um teste de desempenho escolar em Ciências para estudantes concludentes do Ensino Fundamental do estado de Sergipe com especificidade no eixo temático “Tecnologia e Sociedade”. Essa tecnologia de avaliação, diferentemente das avaliações tradicionais, visa avaliar em estudantes sergipanos da rede pública o nível de aproximação e distanciamento do discurso discente em relação ao conhecimento científico sobre temas do referido eixo temático. A elaboração das questões foi norteada por uma matriz de referência construída a partir da análise de três documentos oficiais, Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) (BRASIL, 1998), Referencial Curricular da Rede Estadual de Ensino de Sergipe (SERGIPE, 2013) e Livro didático aprovado no Programa Nacional do Livro Didático 2014 (PNLD). Os resultados obtidos mostraram que os estudantes sergipanos egressos do Ensino Fundamental apresentam, em geral, conhecimento compatível com a faixa etária, apresentando respostas baseadas entre os níveis de Ensino Fundamental menor e Fundamental maior. Com base nos resultados, pode-se notar que foi possível construir um instrumento de avaliação inédito quanto à perspectiva de avaliar, não averiguando o conhecimento por meio de respostas certas ou erradas, mas com alternativas de respostas que permitissem os alunos expressarem suas ideias se aproximando ou distanciando do conhecimento de referência.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1629742 - EDSON JOSE WARTHA
Interno - 1655045 - ERIVANILDO LOPES DA SILVA
Externo à Instituição - MAURÍCIO URBAN KLEINKE
Notícia cadastrada em: 07/01/2016 11:15
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r15440-bf36319aa9