Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JOSENILSON FELIZARDO DOS SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSENILSON FELIZARDO DOS SANTOS
DATA: 13/02/2015
HORA: 09:00
LOCAL: Sala do NPGECIMA
TÍTULO: Pintando o Sete: Matemática, Artes e Experiências Interdisciplinares nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental
PALAVRAS-CHAVES: Palavras-chave: Matemática e Artes, Matemática nos anos iniciais, Interdisciplinaridade, Arte nos anos iniciais.
PÁGINAS: 121
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Ensino-Aprendizagem
ESPECIALIDADE: Métodos e Técnicas de Ensino
RESUMO:

O ensino e a aprendizagem em Matemática ainda é, sem dúvida, uma questão complexa e problemática no contexto da Educação Brasileira. Disciplina com mais baixo desempenho e maior índice de reprovação como apontam os resultados das avalições educacionais, tem sido cada vez mais fonte de debates e estudos acadêmicos e políticos e educacionais. Por outro lado, há certa desvalorização da arte como campo de constituição de conhecimento, sendo esta dualidade uma das possíveis barreiras à prática da interdisciplinaridade no ensino. Neste sentido, motivados pelas possibilidades interdisciplinares do uso da arte como subsídio para o ensino e a aprendizagem da Matemática nos anos iniciais do Ensino Fundamental, definimos como objetivo deste estudo investigar Saberes e Práticas de docentes acerca da interdisciplinaridade da Arte com a Matemática dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. A referida pesquisa foi desenvolvida em uma Escola Municipal de Aracaju (Sergipe–Brasil), cujo IDEB foi o maior em 2013 dentre as unidades de ensino dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental da rede municipal de Aracaju. Os sujeitos centrais da pesquisa são duas professoras dos 2º e 4º anos do Ensino Fundamental. Para compreensão do objeto de estudo , recorremos a teóricos que desenvolvem pesquisas vinculadas, direta ou indiretamente com os eixos da investigação em tela , tais como: Nacarato, Lorenzato, Brizuela, dentre outros Ferreira, Barbosa, Pereira, Read, ). Fazenda, Silva . Tardif, Marim, Fiorentini, Pimenta, dentre outros. A pesquisa, de abordagem qualitativa, caracterizado como um estudo do tipo etnográfico na perspectiva descrita por André (1995), teve o trabalho de campo realizado no período de junho a dezembro, com aplicação de questionários, realização de entrevistas e observação com descrição densa.. A pesquisa provocou uma maior reflexão sobre a relevância da relação da interdisciplinaridade com a aprendizagem matemática em sala de aula. Foi possível perceber o esforço das professoras em tornar a aula de matemática motivadora, utilizando-se inclusive e especificamente ferramentas oferecidas pela arte. Constatamos que a imposição do cumprimento metodológico de alguns pacotes educacionais institucionais tem dificultado a aplicabilidade da interdisciplinaridade. Nesse contexto, Fazenda (2002) chama à atenção para os obstáculos metodológicos correspondentes às barreiras para a interdisciplinaridade, que tem dificultado a interdicisplinaridade com a Matemática. Constatamos, também, que a maior dificuldade de se trabalhar Artes em conformidade com as propostas dos PCN é a falta de formação acadêmica específica, bem como da formação continuada de professoras e professores dos anos iniciais do Ensino Fundamental. Por conseguinte, percebemos uma luta constante dessas professoras em driblar a de falta de tempo para buscar formas de planejar de forma motivadora a sua prática pedagógica, assim como se adaptar às mais diversas possibilidades interdisciplinaridades nessa prática.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1545817 - MARIA BATISTA LIMA
Interno - 2222763 - MARIA JOSE NASCIMENTO SOARES
Externo à Instituição - CRISTIANE COPPE DE OLIVEIRA
Notícia cadastrada em: 10/02/2015 09:59
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r15440-bf36319aa9