Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: PAMALA JESSICA DE OLIVEIRA SANTO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: PAMALA JESSICA DE OLIVEIRA SANTO
DATA: 10/12/2013
HORA: 10:00
LOCAL: Sala de Estudo do NPGECIMA
TÍTULO: ANÁLISE DO USO DE JOGOS DIDÁTICOS NO ENSINO MÉDIO DE BIOLOGIA: DESVELANDO SUAS EFICÁCIAS NA APRENDIZAGEM DOS ALUNOS
PALAVRAS-CHAVES: ensino de Biologia, jogos didáticos e aprendizagem.
PÁGINAS: 130
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

O presente trabalho de pesquisa investigou se o jogo didático é eficiente para facilitar a aprendizagem dos alunos de Biologia do ensino médio. O jogo didático foi escolhido por esta pesquisa por ser uma atividade sugerida pelos Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (2002) e pelas Orientações Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (2006) para o ensino de Biologia. Em nosso referencial teórico é exposto um breve histórico do ensino de Ciências no Brasil, destacando o uso de recursos didáticos ao longo do século XX. Expomos também as propostas presentes nos documentos curriculares oficiais brasileiros sobre a utilização de recursos didáticos no processo de ensino e aprendizagem. Para tanto nos respaldamos principalmente nos estudos de Nardi (2005), Krasilchk (2000), Barra e Lorenz (1986), Santos e Mortimer (2001) e nos documentos curriculares oficiais brasileiros como as Diretrizes Curriculares Nacionais (1998) e os Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (2000). Discutimos primordialmente em nosso referencial sobre o jogo didático, suas qualidades e as vantagens em sua utilização, com base nos estudos de Huizinga (2000), Kishimoto (1994), Kishimoto (2008), Zanon et al. (2008) e Miranda (2001) e outros autores que fizeram pesquisas com esse recurso. Em nossa metodologia lecionamos em duas turmas do 1º e 3º ano ensino médio utilizando de duas metodologias diferenciadas. Em uma turma de cada nível (ou seja, uma do 1º e outra do 3º ano) foram ministradas aulas durante determinado tempo (tempo de experimentação – 1 mês) utilizando-se de um jogo didático- essas turmas foram denominadas de “grupos experimentais”. Nas outras duas turmas, foram ministradas aulas sem a utilização dos jogos didáticos – essas turmas foram denominadas de “grupos controle”. Verificamos a partir da análise dos resultados que a metodologia com jogos foi eficiente em proporcionar maior aprendizagem dos conteúdos. Os alunos que jogaram tiveram desempenho superior aos alunos que não jogaram. Buscamos também compreender a opinião dos alunos sobre aulas com jogos didáticos em um questionário anexo ao pós-teste. Em relação à opinião dos alunos das turmas experimentais sobre os jogos didáticos utilizados verificamos que os mesmo foram considerados eficientes em promover interação, cooperação, socialização, motivação, mobilização, interesse, estímulo, dinâmica e a aprendizagem dos conteúdos estudados. Os alunos das turmas controle expressaram que sentem necessidade de aulas com jogos e já estabelecem relação positiva com o recurso, pois demonstram saber dos benefícios dessa metodologia. Portanto, os jogos didáticos são considerados recursos eficientes no tocante à aprendizagem e são bem aceitos pelos discentes.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1461281 - BRUNO LASSMAR BUENO VALADARES
Interno - 396753 - SAMISIA MARIA FERNANDES MACHADO
Presidente - 1344550 - VELEIDA ANAHI DA SILVA
Notícia cadastrada em: 25/11/2013 09:25
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r15440-bf36319aa9