Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: FERNANDA RAMOS SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FERNANDA RAMOS SANTOS
DATA: 26/03/2013
HORA: 08:00
LOCAL: Sala de reuniões do NPGECIMA
TÍTULO:

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: CONCEPÇÕES DOS EDUCADORES E SUAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS


PALAVRAS-CHAVES:

Educação Ambiental – Professores – Escolas públicas municipais de Simão Dias.


PÁGINAS: 74
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Tópicos Específicos de Educação
RESUMO:

A atual crise ambiental estabelecida ao longo de um processo histórico de intervenção do homem na natureza é compreendida por muitos como uma crise civilizacional, que mais que ecológica, assume um caráter social. No enfrentamento dessa crise surge a Educação Ambiental com o compromisso de promover mudanças de valores, comportamentos, sentimentos e atitudes. Para isso, a escola ganha destaque na inserção da Educação Ambiental, como espaço capaz de mobilizar processos para a construção de sociedade cada vez mais justa e ambientalmente sustentável. Assim, o presente estudo procurou pesquisar as concepções e práticas pedagógicas em Educação Ambiental dos professores da rede pública municipal de Simão Dias, que lecionam as diversas áreas do conhecimento, nas turmas do Ensino Fundamental II, do 6º ao 9º ano. Para essa análise foram investigados os seguintes aspectos: o perfil do professor; a formação em Educação Ambiental; a prática pedagógica; as concepções sobre meio ambiente e Educação Ambiental; a atuação da escola e a problemática ambiental da comunidade escolar. Para a presente pesquisa, de natureza qualitativa, foram utilizados questionários e entrevistas semiestruturadas como instrumentos de coleta de dados. Os questionários foram aplicados com um total de 54 (cinquenta e quatro) professores, das diferentes áreas do conhecimento e as entrevistas foram realizadas com 6 (seis) professores coordenadores das COM-VIDAs (Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida nas Escolas). Os dados obtidos foram analisados e discutidos a partir do referencial teórico apresentado na pesquisa, destacando autores como: ARAUJO (2004); GADOTTI (2000); LEFF (2010); REIGOTA (2009; 2010); SAUVÉ (2005); SEABRA (2011).  Dessa forma, observamos que as escolas pesquisadas já desenvolvem um trabalho relevante em Educação Ambiental no município, contudo, ainda é necessário um maior investimento na formação dos professores e políticas públicas educacionais que fortaleçam os trabalhos interdisciplinares e contínuos em Educação Ambiental no contexto escolar.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 426682 - CARMEN REGINA PARISOTTO GUIMARAES
Interno - 265070 - MYRNA FRIEDERICHS LANDIM DE SOUZA
Externo ao Programa - 1228671 - MARIA INEZ OLIVEIRA ARAUJO
Notícia cadastrada em: 08/03/2013 17:57
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r15368-99f189d34b