A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: DANIELA SENGER

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DANIELA SENGER
DATA: 28/02/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO: RELIGIÃO E POESIA ORAL COMO LINGUAGEM: MODO DE VIDA E REALIZAÇÃO DE SENTIDO NOS PROCESSOS RITUAIS DE CULTO AOS SANTOS DA TAIEIRA DE LARANJEIRAS EM SERGIPE
PALAVRAS-CHAVES: Religião. Poesia oral. Processos rituais. Culturas Populares. Taieira de Laranjeiras.
PÁGINAS: 252
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Sociologia
RESUMO:

A Taieira de Laranjeiras é um grupo das culturas populares composto majoritariamente por mulheres,cujas líderes são participantes da religião nagô, religião de matriz africana que cultua Orixás da Costa.Esse grupo também cultua os santos católicos protetores dos negros, São Benedito e Nossa Senhorado Rosário, sobretudo no Ritual de Coroação da Rainha da Taieira que ocorre na Festa de Reis,atrelada ao Encontro Cultural de Laranjeiras. A Taieira transita tanto no Terreiro Nagô Santa BárbaraVirgem quanto na Igreja Católica São Benedito e Nossa Senhora do Rosário, localizados emLaranjeiras, Sergipe. A Taieira e outros grupos de culturas populares são matéria para ações depatrimonialização de bens imateriais, sendo comumente acionados para estimular o turismo local. Emgeral, também são acolhidos como marcas da “sergipanidade” em discursos oficiais, em espaçosculturais (como o Largo da Gente Sergipana) e em eventos e festas. Essa tese partiu do conceito“religião” como categoria útil para a pesquisa em Sociologia da Religião e construiu diálogos com osEstudos Culturais e Literários, com foco na “poesia oral”. Na pesquisa doutoral, buscou-se compreenderos processos rituais públicos da Taieira para analisar se as categorias poesia oral e religião comolinguagem são pareáveis e fatores mobilizadores na manutenção do grupo. O estudo de cunhoqualitativo – alicerçado em pesquisa de campo e em pesquisa teórico-bibliográfica situada naSociologia da Religião em diálogo com Estudos Culturais e Literários – permite afirmar que essasnoções são pareáveis e elementos formadores e formativos observáveis nas dinâmicas e nacontinuidade do grupo da Taieira. Essa conclusão foi possível por meio do seguinte percurso depesquisa alicerçado em 4 momentos. (1) Quadro de panoramas e conceitos, com foco no termo“religião”, oferecendo uma vista sobre religião como questão sociológica e sobre como a construção doconceito aparece nos Estudos Culturais. (2) Construção da categoria de análise proposta na tese:religião e poesia oral como linguagem, sendo colocado em tela perspectivas em torno do conceito deritual. (3) Mapa de revisões, panoramas e desconstruções sobre outras nuanças que são caras aoobjeto (culturas populares, folclore, patrimônio, religiosidade popular), para situar quem lê sobre osinúmeros meandros que perfazem o campo das culturas populares. (4) Revisões e panoramas sobre aTaieira histórica; conflitos, reconhecimento e agência de grupos das culturas populares no EncontroCultural de Laranjeiras; dados empíricos secundários angariados por meio de pesquisas; dadosempíricos primários coletados nas observações de campo (descrição de processos rituais e desafiosda Taieira de Laranjeiras); resistência, reconhecimento, valorização e condições materiais da Taieira;análise de dados a partir das categorias “religião e poesia oral como linguagem” nos processos rituaisda Taieira. Em suma, poesia oral e religião como linguagem são elementos pareáveis, inseparáveis enão dicotômicos nos processos rituais da Taieira, revelando agência em prol de realização de sentidoque corrobora um modo de vida. A poesia-oral-como-linguagem da Taieira é, ao mesmo tempo, lúdicae religiosa, e a religião-como-linguagem da Taieira é, ao mesmo tempo, lúdica e religiosa.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1821173 - DENIO SANTOS AZEVEDO
Interno - 2512859 - FRANK NILTON MARCON
Externo à Instituição - JOSEANE PAIVA MACEDO BRANDAO
Interno - 3316721 - PERICLES MORAIS DE ANDRADE JUNIOR
Presidente - 426602 - ROGERIO PROENCA DE SOUSA LEITE

Notícia cadastrada em: 03/02/2022 15:22
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema1.ema1 v3.5.16 -r17747-27307b9759