A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: PÂMELLA SYNTHIA SANTANA SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: PÂMELLA SYNTHIA SANTANA SANTOS
DATA: 01/03/2016
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de aula do PPGS - Didática 2
TÍTULO: O ofício de cabo eleitoral: Entre campanhas, comícios e o dia a dia da política.
PALAVRAS-CHAVES: cabo eleitoral, política profissional, cotidiano da política, carreira profissional
PÁGINAS: 112
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Sociologia
RESUMO:

Essa dissertação pretende analisar como se “fabrica” um cabo eleitoral e como sãoapreendidas e incorporadas às habilidades do ofício da política. Dentro disso o objetoempírico central são os cabos eleitorais que atuam como vereadores na cidade fictícia deArapongas e que representam um caso em que se pode discutir a relação demonstrada acima.A dinâmica desse município é favorável para uma análise mais aprofundada do cabo eleitoralpor se tratar de um local que existem dois grupos políticos que regem o seu cotidiano dapolítica. Para compreender sobre o cabo eleitoral em geral, foi necessário um levantamento doque já vinha sendo discutido acerca desse cabo eleitoral e ficou perceptível a necessidade detrabalhos que foquem nesse ator, mesmo assim, foi possível nos basear em leituras quepassam pela Sociologia dos Grupos profissionais como as que se encontram inseridas numalinha do Interacionismo Simbólico e que também passam pela Sociologia Política. Para além,nos baseamos em trabalhos da Antropologia da Política e da Ciência Política. O segundopasso se deu para termos ideia de como a profissão política foi sendo desenvolvidaobservando assim o contexto histórico e político do município de Arapongas e a sua relaçãotambém com o Estado. No terceiro momento foi feita uma análise do cotidiano da políticacom o propósito de conhecer de perto a atuação desse ator político quando o mesmo seencontra em seu “habitat”. E no último momento propomos a encarar o cabo eleitoral comoum ofício que tem a sua própria licença e seu próprio mandato, a partir das configuraçõeslevantadas através do background desses atores. O fruto dessa atuação muitas vezes“marginalizada” dentro da própria política demonstrou que ser cabo eleitoral requer sim um“saber profissional” instituído de uma habilidade específica para a realização desse “novo”ofício.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1523397 - FERNANDA RIOS PETRARCA
Externo à Instituição - IGOR GASTAL GRILL
Interno - 1227719 - PAULO SERGIO DA COSTA NEVES

Notícia cadastrada em: 11/02/2016 11:20
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema2.ema2 v3.5.16 -r17747-27307b9759