Notícias

Banca de DEFESA: PAULO REGE SANTOS MATOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: PAULO REGE SANTOS MATOS
DATA: 01/11/2012
HORA: 14:30
LOCAL: PRODEMA
TÍTULO:

Desenvolvimento local e sustentabilidade socioeconômica do município de Frei Paulo (SE).


PALAVRAS-CHAVES:

Desenvolvimento sustentabilidade. Desenvolvimento local e crecimento econômico. 


PÁGINAS: 152
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

O Desenvolvimento sustentável em diversos municípios brasileiros e principalmente na região nordeste foi alicerçado na década de 90 por uma guerra fiscal, na qual não existia planejamento integrado e qualquer identidade com as potencialidades e cultura destas localidades, tendo como argumento de persuasão a geração de emprego e renda para localidades mãos humildes. Diante deste cenário foi implantada na primeira década do século XXI no município de Frei Paulo (SE) a indústria calçadista “Vulcabrás Azaleia”, a qual gera cerca de dois mil empregos diretos e que contribui substancialmente para mudanças socioeconômicas da cidade, mas sem sincronia com a temática vigente de desenvolvimento local. Sendo assim este trabalha tem como objeto analisar sob a perspectiva da sustentabilidade o desenvolvimento local do município de Frei Paulo (SE) verificando as influencia proporcionado a partir da indústria calçadista. Trata-se de uma investigação do tipo descritivo de caráter explicativo e de natureza quanti-qualitativa, para pesquisa foi utilizado o critério de julgamento por conveniência, com os comerciantes que trabalham nos segmentos de material de construção, madeiras, confecções, supermercados, farmácias, variedades e alimentos em geral. Os dados foram coletados mediante aplicação de questionário semi-estruturado com questão abertas e fechados, aplicados a quarenta e dois comerciantes e também realizado entrevista com e diretoria de Vulcabrás Azelia, Prefeito municipal, gerente das instituições financeiras locais e diretoria da CDL.  O estudo concluiu que houve ampliação do numero de empregos gerados e que aumentou substancialmente o poder aquisitivo da população e consequentemente aumentou substancialmente o poder aquisição da população e consequentemente aumento do PIB do município com uma melhor distribuição de renda para população, através do IDH, também se concluiu que não há sustentabilidade socioeconômica em Frei Paulo, visto que o crescimento obtido na cidade e fruto de uma empresa que conseguiu isenção fiscal por determinado período de tempo e caso saia nenhum dos atores locais estarão preparadas para enfrentar as adversidades que virão. Por fim é demonstrado que os atores envolvidos no município desconhecem em suas  totalidade ações de responsabilidade socioambiental realizada pela industria calçadista em favor da localidade, como também pouco ou nada entendem dos aspectos que envolvem o desenvolvimento  sustentável . 


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 2194763 - DEAN LEE HANSEN
Interno - 7426495 - MARIA AUGUSTA MUNDIM VARGAS
Presidente - 426454 - RICARDO OLIVEIRA LACERDA DE MELO
Notícia cadastrada em: 31/10/2012 11:06
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r10673-9ba8510ba