A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: THAYNÁ SANTOS DE ALBUQUERQUE

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THAYNÁ SANTOS DE ALBUQUERQUE
DATA: 05/04/2022
HORA: 09:30
LOCAL: Polo de Gestão - Sala 03 do PRODEMA
TÍTULO: OS IMPACTOS DA EXPLORAÇÃO DO PETRÓLEO NA SAÚDE DE MARISQUEIRAS E/OU PESCADORAS ARTESANAIS EM JATOBÁ, BARRA DOS COQUEIROS-SE
PALAVRAS-CHAVES: Corpo-território; Povos e Comunidades Tradicionais; Coque Verde de Petróleo; Protagonismo feminino;
PÁGINAS: 45
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

A indústria do petróleo, desde o seu primórdio no seculo XIX, já se constituía como imprescindível fonte energética no modo de vida das sociedades, sobretudo, das potências mundiais. A exploração petroquímica na plataforma marítima da costa atlântica brasileira, prosseguiu de maneira coaduna à degradação ambiental e social dos territórios de vida das comunidades costeiras, o estado de Sergipe foi um dos pioneiros na atividade petrolífera do país, colocando o Brasil dentro da disputa internacional do Capital. Com isto, a exploração do Coque Verde de Petróleo (CVP) obteve destaque na produção entre os subprodutos do petróleo. No povoado Jatobá, situado no município Barra dos Coqueiros/SE o armazenamento dessa substância se apresenta como um problema para a saúde ambiental e coletiva dessas comunidades. A atividade da Pesca artesanal se constrói no uso do corpo, nas águas dos rios, estuários e/ou mar, as mulheres marisqueiras e pescadoras artesanais são ainda mais vulneráveis aos riscos de contaminação pelo CVP pois além de serem responsáveis por garantir a alimentação e a saúde de suas famílias, sofrem nos seus corpos-territórios a dominação e exploração, advindos do sistema colonial-patriarcal. Com isto, esta pesquisa tem como objetivo geral: Analisar os impactos socioambientais produzidos a partir da exploração do petróleo no corpo-território das mulheres marisqueiras e pescadoras artesanais do povoado Jatobá, no município da Barra dos Coqueiros/SE. A Pesquisa está caracterizada como pesquisa exploratória, Bibliográfica e documental. Será utilizada técnicas de coleta de dados como entrevistas semiestruturadas para produção da cartografia social. Espera-se com esta pesquisa promover uma reflexão crítica no âmbito das ciências ambientais contribuindo no repensar epistemológico e teórico-prático a cerca dos conflitos socioambientais em escala global e nacional, apresentar a temática de relevância científica e social pela sua potencialidade em busca de auxiliar no processo de visibilização do protagonismo feminino, no fortalecimento das mulheres marisqueiras e/ou pescadoras artesanais da comunidade do Jatobá, localizada na Barra dos Coqueiros/SE, frente ao desafio ambiental contemporâneo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2027131 - ROSANA DE OLIVEIRA SANTOS BATISTA
Interno - 4178490 - INAJA FRANCISCO DE SOUSA
Externo ao Programa - 2647443 - ROSEANE CRISTINA SANTOS GOMES

Notícia cadastrada em: 27/03/2022 20:07
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema3.ema3 v3.5.16 -r18160-36a7f68df5