Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JULIANA GOIS DE SOUZA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JULIANA GOIS DE SOUZA
DATA: 05/04/2021
HORA: 14:00
LOCAL: prodema
TÍTULO: ASPECTOS DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO NO CULTIVO DE MILHO EM SIMÃO DIAS – SE
PALAVRAS-CHAVES: Transgênico. Trabalhadores. Saúde. Riscos. Ocupacional.
PÁGINAS: 49
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

O milho é uma das principais culturas atualmente desenvolvidas no Brasil, sendo a semente transgênica a utilizada por considerável parcela de produtores rurais, inclusive no Estado de Sergipe, onde o município de Simão Dias – SE é o segundo maior produtor estadual, e conta com propriedades que se utilizam desta técnica. Apesar de haver legislação sobre a fabricação e circulação de transgênicos, não é possível identificar a existência de normas específicas, destinadas a regulamentar a atividade de trabalhadores que atuam diretamente nestes cultivos, não obstante as técnicas que são empregadas, a exemplo de larga utilização de agrotóxicos, maquinários, etc. Assim, torna-se necessária a associação de leis que envolvem o uso de agrotóxicos, atividades insalubres, incluindo a legislação celetista e constitucional, onde há regulamentação de medidas de higiene e segurança para o trabalho que acarrete em potencial risco à saúde e à vida de quem os executa. Desta forma, o presente estudo visa identificar os aspectos das condições de trabalho e os possíveis impactos advindos do cultivo do milho transgênico, na saúde dos trabalhadores que desenvolvem suas atividades nos Assentamentos 8 de Outubro e 27 de Outubro, no município de Simão Dias – SE, locais onde podem ser observadas tais circunstâncias. A pesquisa terá natureza básica, do tipo explicativa e o método de abordagem é o materialismo histórico-dialético, onde será feita uma análise da realidade a partir de perspectivas, visualizando os atores sociais envolvidos no objeto de estudo, com ênfase nos trabalhadores diretamente alocados no cultivo do milho transgênico, possibilitando o aprofundamento e difusão de informações, para um melhor entendimento das práticas que envolvem esta cultura, visualização dos riscos ocupacionais a que trabalhadores estão submetidos nesses plantios, e assim seja possível o direcionamento de políticas públicas e privadas que favoreçam a um meio ambiente de trabalho equilibrado e seguro para as atuais e futuras gerações.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1316620 - ALCEU PEDROTTI
Externo ao Programa - 3159407 - ANA PAULA SCHERVINSKI VILLWOCK
Interno - 2579022 - GREGORIO GUIRADA FACCIOLI
Externo à Instituição - SARA JULLIANE RIBEIRO ASSUNÇÃO
Notícia cadastrada em: 05/04/2021 11:57
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r15440-bf36319aa9