Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: THIAGO LUIZ DOS SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THIAGO LUIZ DOS SANTOS
DATA: 15/04/2021
HORA: 09:00
LOCAL: PRODEMA
TÍTULO: INSTRUMENTAÇÃO COMO SUPORTE AO MANEJO RACIONAL DA ÁGUA NA CULTURA DA ALFACE IRRIGADO
PALAVRAS-CHAVES: Manejo da irrigação, instrumentação na agricultura, agricultura familiar.
PÁGINAS: 37
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
SUBÁREA: Agrometeorologia
RESUMO:

A demanda por água excede a sua disponibilidade natural, notadamente em regiões semiáridas, já que é um recurso limitado, sendo tal demanda cada dia maior, em virtude do crescimento populacional e econômico, sendo a agricultura irrigada a principal consumidora do recurso. Deste modo, torna-se necessário melhorias na eficiência no uso da água, o pode ser alcançada por meio do monitoramento da umidade do solo a partir de sistemas de baixo custo e fácil manuseio. Assim, objetiva-se empregar microcontroladores associados a sensores de umidade do solo, vazão e volume de água para o manejo da irrigação na cultura da alface no município de Nossa Senhora da Glória, região de clima semiárido, no Estado de Sergipe, como ferramenta de suporte à otimização do uso da água irrigada na agricultura familiar. Para tanto, um Display de Cristal Líquido (LCD) e uma barra de Diodo Emissor de Luz (LED) permitirá a leitura e indicações das informações coletadas pelos sensores instalados no campo, no formato numérico e com indicação através de cores para o agricultor irrigar conforme as informações disponíveis, através da taxa de evapotranspiração da cultura e através do balanço hídrico obtido para a região, a partir do modelo proposto por Thornthwaiter-Mather (1955). Empregar-se-á o delineamento experimental de blocos ao acaso (DBC), com uso de dois métodos para estimar a demanda hídrica da planta e quatro lâminas de irrigação (50, 75, 100 e 125%), acrescidos de uma testemunha, correspondente a lâmina aplicada empiricamente, pelo agricultor, perfazendo um esquema fatorial [(2 x 4) + 1], perfazendo nove tratamentos, que serão repetidos em quatro blocos, sendo a unidade experimental relativa a uma área de 1,2 m2, onde serão dispostas as plantas da alface no espaçamento de 0,25 x 0,25 x 0,5 m. Durante a condução do experimento, serão monitorados dados de umidade do solo, vazão e volume e a demanda hídrica da cultura, ao final, com as plantas aptas a colheita, serão determinadas variáveis de crescimento e de produção, sendo os dados submetidos a análise estatística por meio de análise de variância, seguido de análise de regressão para o fator lâmina e contraste de médias com base na testemunha. Ao término da pesquisa, a expectativa é disponibilizar, na região do semiárido de Sergipe, um equipamento de baixo custo e fácil operação para a agricultura familiar, como auxílio para a tomada de decisão no manejo da irrigação, visando o uso racional de água, principalmente no cultivo da alface, por ser considerada uma hortaliça de alta demanda hídrica. Ademais, contribuirá para garantir o uso dos recursos naturais por gerações futuras, principalmente na comunidade local, reduzindo o êxodo rural, evitando a degradação do solo, escassez hídrica e mantendo a cultura da agricultura familiar na região.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 4178490 - INAJA FRANCISCO DE SOUSA
Interno - 2579022 - GREGORIO GUIRADA FACCIOLI
Externo à Instituição - MARIA GABRIEL DE QUEIROZ
Externo à Instituição - MARCIO AURELIO LINS DOS SANTOS
Notícia cadastrada em: 30/03/2021 17:18
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r15440-bf36319aa9