Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JOYCE HELLY DA ANUNCIACAO SOARES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOYCE HELLY DA ANUNCIACAO SOARES
DATA: 14/04/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Google Meet
TÍTULO: IMPACTOS DO LANÇAMENTO DE ESGOTOS NA REDE DE DRENAGEM NO BAIRRO 13 DE JULHO NO MUNICÍPIO DE ARACAJU
PALAVRAS-CHAVES: Efluentes; Drenagem urbana; Recursos hídricos; Saneamento
PÁGINAS: 74
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

O desenvolvimento e urbanização acelerada das cidades, aliados ao aumento da população, vêm atrelados à grandes cargas de resíduos gerados e impactos ambientais, quando esses são lançados de forma irregular no ambiente. Somado a isso, a má gestão dos sistemas de saneamento básico, no manejo de resíduos líquidos, pode provocar externalidades negativas aos recursos hídricos receptores e à população, que faz uso daquele recurso. A disposição inadequada de esgotos sanitários é uma das principais causas de poluição de recursos d’água no Brasil. Portanto, os esgotos que fluem para a rede de drenagem, contribuem também, e de modo significante, para essa poluição. Historicamente, o bairro Treze de Julho foi designado para receber a grande elite de Aracaju, quando se iniciou seu processo de urbanização. Porém, esse processo deu-se sobre uma precária infraestrutura de coleta de esgotos sanitários e pluviais, dando lugar, anos mais tarde, a um sistema ainda precário e com baixo índice de ligações à rede pública. Diante do exposto, o estudo objetiva analisar o processo de contaminação do canal de drenagem no Bairro 13 de Julho e o comportamento do Rio Sergipe frente ao recebimento dessas cargas de efluentes, visando identificar a relação com possíveis ligações irregulares de esgoto sanitário. A partir do uso do método hipotético-dedutivo e de uma pesquisa com abordagem quantitativa e caráter explicativo, partir-se-á para o teste da hipótese. Os pontos de destaque da pesquisa consistirão na pesquisa de campo, com observação direta para averiguar pontos de ligações na extensão do canal de drenagem e o ponto de lançamento no rio Sergipe, e na pesquisa experimental, com coleta de amostras do canal de drenagem e simulação da depuração dos efluentes recebidos pelo rio Sergipe. Como resultados, espera-se evidenciar a relação causa-efeito entre as ligações de esgoto e a poluição do dispositivo de drenagem; avaliar o comportamento de depuração do rio frente às cargas recebidas do canal de drenagem; e evidenciar os parâmetros de temperatura, turbidez, pH, condutividade, salinidade, Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO), Oxigênio Dissolvido (OD), turbidez, Sólidos Totais Dissolvidos (STD), Sólidos Suspensos (SS) e coliformes termotolerantes ou E. Coli. dos efluentes do canal de drenagem e do Rio Sergipe para compará-los às Resoluções CONAMA 357 e 430, e ao Índice de Diluição de Esgoto (IDE).


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1807439 - JAILTON DE JESUS COSTA
Interno - 4178490 - INAJA FRANCISCO DE SOUSA
Externo à Instituição - LUIZ CARLOS SOUSA SILVA
Notícia cadastrada em: 05/04/2021 10:06
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r15440-bf36319aa9