Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: DAYANARA MENDONÇA SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DAYANARA MENDONÇA SANTOS
DATA: 09/04/2021
HORA: 15:00
LOCAL: PRODEMA- via google meet
TÍTULO: QUALIDADE AMBIENTAL DO RIO SÃO FRANCISCO UTILIZANDO PARÂMETROS DE QUALIDADE DA ÁGUA
PALAVRAS-CHAVES: Recursos hídricos, Usos do solo, Conflitos socioambientais, Bacia hidrográfica.
PÁGINAS: 42
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

A avaliação ambiental é uma ferramenta na análise e comunicação dos parâmetros que definem a qualidade da água, refletem também em instrumento de tomada de decisão para os gestores. Considerando a importância social, econômica e ambiental da bacia hidrográfica do rio São Francisco, as problemáticas que orienta a pesquisa são a degradação na qualidade da água oriunda da antropização e os conflitos de uso da água decorrentes destas alterações e associadas a demais estressores socioambientais, os quais, se concretizam sob forma de judicialização. Tendo como objeto de estudo padrões de uso e ocupação do solo na variação da qualidade da água em bacias tropicais. Sendo o objetivo geral compreender a dinâmica ambiental associada a qualidade da água, seus impactos e implicações na bacia hidrográfica do Rio São Francisco. Já os específicos são: avaliar a qualidade da água com base em um indicador de qualidade de água e análise dos componentes principais; correlacionar uso e ocupação do solo como fator de impacto na qualidade da água; verificar a ocorrência de conflitos pelo uso da água no trecho correspondente ao reservatório Xingó. O método adotado será o hipotético dedutivo de Popper (1975), os procedimentos adotados para alcançar o objetivo 1 serão o uso de um indicador de qualidade de água aditivo e de estatística multivariada, a partir da análise dos componentes principais. Para alcançar o segundo objetivo específico serão utilizadas imagens do satélite Sentinel-2 e do mapbiomas e o processamento e análise dos dados a partir software QGIS 3.14 e seus complementos. Já para verificar os conflitos institucionalizados, os dados serão obtidos nos Tribunais de Justiça dos Estados de Alagoas, Bahia e Sergipe e no Tribunal Regional Federal (TRF-5) em Recife e analisados a partir da teoria dos sistemas de Niklas Luhmann.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1834882 - ARIOVALDO ANTONIO TADEU LUCAS
Interno - 2579022 - GREGORIO GUIRADA FACCIOLI
Externo ao Programa - 1295924 - CARLOS ALEXANDRE BORGES GARCIA
Externo à Instituição - RICARDO BENEDITO OTONI
Notícia cadastrada em: 25/03/2021 16:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r15440-bf36319aa9