Notícias

Banca de DEFESA: JOSE SERGIO FILGUEIRAS COSTA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSE SERGIO FILGUEIRAS COSTA
DATA: 21/01/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Google Meet
TÍTULO: PERCEPÇÃO AMBIENTAL: A CONSTRUÇÃO DE CAMINHOS PARA A SUSTENTABILIDADE NO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SERGIPE (IFS)
PALAVRAS-CHAVES: Educação ambiental. Percepção. Sustentabilidade ambiental. Comunicação organizacional.
PÁGINAS: 200
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

O processo interativo do homem com o ambiente sempre teve ligação com a percepção de cada indivíduo, que pode ser influenciada por fatores como: comunicação, escolaridade, cultura e condição socioeconômica. Estudar a temática da percepção ambiental e as práticas de sustentabilidade ambiental é essencial para fundamentar e propor ações que visem sensibilizar a sociedade acerca da importância da correta utilização dos recursos naturais e da conservação do meio ambiente. Por isso, esta pesquisa buscou fazer um diagnóstico da percepção ambiental dos seguintes públicos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe (IFS): professores, alunos e técnicos administrativos em educação. Ter conhecimento do perfil da conexão dessa comunidade com o meio ambiente é essencial para direcionar ações de educação e conscientização a respeito da sustentabilidade ambiental. Para um processo de educação ambiental promissor, também é vital que a comunicação seja bem compreendida e que a educação ambiental tenha um caráter interdisciplinar. A Política Nacional de Educação (PNE) menciona que a educação ambiental deve ser tratada em todos os níveis de ensino, nos contextos formal e informal. Para tanto, tornou-se necessário uma pesquisa bibliográfica em torno dos temas “educação ambiental”, “sustentabilidade ambiental”, “percepção ambiental” e “comunicação organizacional”. A pesquisa foi de caráter descritivo e exploratório, com abordagem predominantemente qualitativa. A coleta dos dados foi feita por meio de questionário semiestruturado aplicado aos servidores e alunos através de formulário on-line elaborado na plataforma Google. A análise de dados foi feita com uso da metodologia de Bardin, que trabalha a análise de conteúdo. A investigação apontou para uma percepção ambiental negativa do público pesquisado no que se refere aos contextos global, nacional, regional e institucional. Isso evidencia a necessidade de incrementar as ações interdisciplinares de educação ambiental. Tais ações educativas poderão incluir, em especial, conhecimento sobre os fatores geradores dos resíduos sólidos e sobre a destinação dado ao lixo, bem como reflexões críticas, com o propósito de ampliar a discussão para os contextos social, ambiental, econômico, político e cultural. Conclui-se que os estudos de percepção, sustentabilidade ambiental e comunicação organizacional são essenciais para aprimorar a Educação Ambiental realizada em diversos âmbitos do ensino e aprendizagem.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2583203 - ALBERICO NOGUEIRA DE QUEIROZ
Presidente - 4178490 - INAJA FRANCISCO DE SOUSA
Externo à Instituição - JOSE JAIME DA SILVEIRA BARROS NETO
Notícia cadastrada em: 19/01/2021 14:24
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r15440-bf36319aa9