Notícias

Banca de DEFESA: LUCAS CELESTINO DE ANDRADE JÚNIOR

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUCAS CELESTINO DE ANDRADE JÚNIOR
DATA: 28/02/2020
HORA: 14:00
LOCAL: PRODEMA
TÍTULO: A EFICIÊNCIA NA CADEIA PRODUTIVA DA EXPLORAÇÃO DO MILHO EM CARIRA SERGIPE.
PALAVRAS-CHAVES: Sustentabilidade; Análise de Custo Completo; Matriz de Análise de Políticas; SWOT.
PÁGINAS: 109
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

A exploração do milho seja como atividade econômica ou para subsistência, assim comoqualquer outra atividade realiza impactos ao ambiente através de ações antrópicasconsequentes da exploração do recurso natural em questão, a utilização intensa defertilizantes, defensivos agrícolas e uso de sementes modificadas geneticamente semorientação técnica, ou uso intensivo de máquinas sem os devidos ajustes ou ainda aexploração em forma de monocultura sem rotatividade são apenas alguns dos exemplosdessas ações antrópicas. Dessa forma essas atividades econômicas devem pautar-se porprincípios de precaução e de prevenção. Entretanto essa é apenas a dimensão ambiental daatividade, porém há a dimensão econômica que se refere com os componentes custos, receitae lucro que em última instância relaciona-se com a renda e qualidade de vida que essa rendapode proporcionar ao produtor rural. Há ainda a componente estratégia que trata de ações paraao longo do tempo manter essa atividade sustentável. Nesse interim o presente trabalho possuicomo objetivo geral identificar, caracterizar e analisar a eficiência e competitividade na cadeiaprodutiva do milho em Carira SE, relacionando-se os aspectos técnicos, econômicos, sociais eambientais envolvidos na exploração da cultura do milho, identificando-se os respectivosaspectos potenciais e limitantes. Para o alcance desse objetivo o trabalho usou umaabordagem multimetodos: onde para analisar a eficiência ambiental foi utilizada a Análise deCusto Completo – ACC que a partir de elementos de análises de custo total e externalidadesambientais e sociais caracterizam o nível desempenho ambiental; para análise da eficiênciafinanceira utilizou-se a Matriz de Análise de Políticas Públicas – MAP que usa elementoscontábeis como receita, custo e lucro para definir a lucratividade e a competitividade decadeias produtiva e sistemas de produção; e por fim utilizou-se a análise SWOT paraidentificação dos aspectos potencias e limítrofes dos produtores rurais e as estratégias para asustentabilidade da exploração. Como resultado da eficiência ambiental obtiveram o nível deeficiência ambiental alto 42,86% dos pesquisados, 51,43% alcançaram o nível de desempenhoambiental médio e 5,71% dos produtores atingiram o nível baixo de desempenho ambiental.Quanto a eficiência econômica observou-se que 100% dos produtores rurais da micro bacia dorio Socavão em Carira – SE realizaram lucro privado positivo e maior que o lucro social, issosignifica que na safra ano 2019 foi mais rentável produzir no mercado nacional do que nomercado internacional. Outro resultado importante é que quando analisado o índice decompetitividade que mede a capacidade de sobrevivência da cadeia ou sistema de produção a
5
participação de lucro na receita (PLR) também 100% dos produtores obtiveram resultadopositivo neste indicador. Quanto aos aspectos potenciais e limitantes na análise do ambienteexterno a principal ameaça são os preços dos insumos e a melhor oportunidade a criação deuma cooperativa. Dentre as análises do ambiente interno o reconhecimento para os que fazemo gerenciamento de custos uma fortaleza e para os que não fazem como uma fraqueza.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1316620 - ALCEU PEDROTTI
Externo ao Programa - 3742946 - FABIO RODRIGUES DE MOURA
Externo ao Programa - 1201910 - FRANCISCO SANDRO RODRIGUES HOLANDA
Externo à Instituição - SARA JULLIANE RIBEIRO ASSUNÇÃO
Notícia cadastrada em: 18/02/2020 16:35
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - fragata2.fragata2 v3.5.16 -r12646-2c874e3307