Notícias

Banca de DEFESA: CYNTIA SENA SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CYNTIA SENA SANTOS
DATA: 20/02/2020
HORA: 09:30
LOCAL: Sala do PRODEMA
TÍTULO: DESAFIOS PARA A ORGANIZAÇÃO SOCIAL DOS(AS) CATADORES(AS) DE MATERIAIS REUTILIZÁVEIS E RECICLÁVEIS EM ITABAIANINHA-SE
PALAVRAS-CHAVES: Coleta Seletiva; Condições de trabalho; Cooperativas; Inserção social.
PÁGINAS: 144
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

Os(as) catadores(as) de materiais reutilizáveis e recicláveis são considerados como um dos grupos sociais vulneráveis, que encontram na coleta de materiais descartados pela sociedade a base de renda e sustendo de sua família. Essa pesquisa teve como objetivo analisar as condições de trabalho e os desafios enfrentados para a organização social dos(as) catadores(as) de materiais recicláveis em Itabaianinha-SE. O método utilizado foi o hipotético-dedutivo com viés quali-quantitativo e como procedimentos metodológicos: levantamento bibliográfico e documental; pesquisa de campo a partir de entrevistas com catadores(as) associados a cooperativa e com aqueles que realizam a coleta de materiais recicláveis de modo informal; pesquisa de campo a partir de observação sistematizada e registros fotográficos; Diagnóstico Rápido e Participativo (DRP); tabulação, análises e interpretação de informações. A pesquisa foi realizada com 18 catadores(as) de materiais recicláveis e reutilizáveis da cidade de Itabaianinha-SE, sendo que 13 deles estão na Cooperativa COORSITA, e 05 realizam suas atividades laborais no lixão do município. Esses(as) catadores(as) tem grande importância como agentes ambientais, pois também contribuem com a limpeza urbana e minimização dos impactos socioambientais. As cooperativas e as associações estão entre os principais instrumentos da inserção social dos(as) catadores(as), por possibilitar vantagens e melhores condições de trabalho para esses(as) cidadãos(ãs). A pesquisa identificou que 78% dos(as) catadores(as) entrevistados(as) são do gênero masculino os quais possuem uma carga horária maior de trabalho em relação as mulheres (22%), o nível de escolaridade é relativamente baixo devido a fatores socioeconômicos, residem em zonas consideradas de poder aquisitivo baixo, com uma renda mensal inferior a um salário mínimo. Os(as) catadores(as) trabalham em condições insalubres, com jornadas excessivas de trabalho, sem descanso, expostos a riscos de acidentes e adoecimento, devido a exposição ao sol, a chuva, ao mal cheiro e falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Esses trabalhadores sobrevivem sem reconhecimento e valorização social, além de conviverem com preconceitos diários devido a função que exercem. A desvalorização e a ignorância por parte da sociedade brasileira ainda é um dos gargalos a serem superados na profissão e no cotidiano desses grupos vulneráveis. É primordial a busca por parcerias com órgãos públicos e privados, especialmente no que condiz a qualificação profissional, apoio para a inserção social dos(as) catadores(as) cooperados(as) e informais e para o reconhecimento da categoria de trabalhadores e sua e sua importância para a sociedade e para o ambiente. É através da organização social que esses trabalhadores podem lutar pelo fortalecimento na busca de melhores condições de trabalho, inserção social e qualidade de vida. É de suma relevância a inserção de políticas públicas pelos órgãos competentes de modo que possibilitem aos(as) catadores(as) a aquisição de conhecimento sobre a sua importância no sistema de gerenciamento de resíduos sólidos, especialmente na coleta seletiva e no ciclo da reciclagem de materiais recicláveis.



MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1362555 - MARIA DO SOCORRO FERREIRA DA SILVA
Interno - 3185055 - GICÉLIA MENDES DA SILVA
Interno - 1190318 - NUBIA DIAS DOS SANTOS
Externo ao Programa - 1327544 - SINDIANY SUELEN CADUDA DOS SANTOS
Externo à Instituição - MARIA DA GRAÇA KFOURI
Notícia cadastrada em: 07/02/2020 15:04
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r10840-e5b57c044