Notícias

Banca de DEFESA: ISADORA SOUZA DE MÉLO SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ISADORA SOUZA DE MÉLO SILVA
DATA: 19/02/2020
HORA: 16:00
LOCAL: PRODEMA
TÍTULO: O ARROZ AGROECOLÓGICO E A RIZICARCINICULTURA NO PERÍMETRO IRRIGADO DO BETUME/SE
PALAVRAS-CHAVES: Baixo São Francisco; Carcinicultura; Indicadores; Rizicultura; Sustentabilidade Socioambiental.
PÁGINAS: 120
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

A agricultura é uma das principais atividades praticadas nos municípios da regiãogeográfica conhecida como Baixo São Francisco Sergipano. A orizicultura, plantaçãode arroz, é a cultura desenvolvida no Perímetro Irrigado do Betume (PIBE), tendo sidoplantados 2,6 mil hectares de arroz no ano de 2018. No entanto, problemas como asalinização do Rio São Francisco, o uso intenso de defensivos agrícolas e os produtoresatrelados aos atravessadores, cada vez mais colocam em risco o sucesso desta culturanessa região. Diante de tais riscos, duas atividades começam a surgir como alternativasque buscam uma produção limpa e sustentável e que possibilitam renda aos produtores,são as produções de arroz agroecológico e da rizicarcinicultura. Por essa razão, essapesquisa teve como objetivo geral analisar essas modalidades das atividades deagricultura e aquicultura desenvolvidas no Perímetro Irrigado do Betume,caracterizando-as nos municípios do recorte espacial, além de construir um conjunto deindicadores referente a estas atividades e examinar, por meio desses indicadores, se asatividades podem ser um caminho para vislumbrar a sustentabilidade. A metodologiautilizada para o desenvolvimento desse estudo, em um primeiro momento, teve inícioatravés de levantamento teórico e empírico relacionado à temática escolhida, bem comoo mapeamento da área objeto de pesquisa. Posteriormente, no estudo de campo, fez-seuso de técnicas de observação não-participante in loco a partir dos principaisquestionamentos levantados para a consolidação deste estudo. Em seguida, utilizou-sedo método de pesquisa Survey por meio de questionários para a obtenção de dados ouinformações sobre características, ações ou opiniões junto à uma amostra do universo dapesquisa. Com base nos resultados da pesquisa, pode-se concluir que o arroz, apesar dosincentivos e modernização voltados para a produção ao longo dos anos, mantém juntoaos rizicultores práticas arcaicas e prejudiciais ao meio ambiente, à saúde dos
produtores e do consumidor, tendo em vista que ainda utilizam diferentes tipos deagrotóxicos para cada praga existente na plantação. Em contrapartida, as modalidadesque começam a surgir envolvendo as culturas de arroz e de camarão estão caminhandono sentido oposto do caráter não-sustentável, haja vista que abandonaram o uso deagrotóxico para permitir o desenvolvimento de um arroz limpo e o crescimentosaudável do camarão. Essas atividades, ainda que iniciantes e em teste, já alteraram omodo de produção daqueles que delas fazem uso. Com isto, pode-se considerar entãoestas culturas como escolhas viáveis e alternativas para o baixo São FranciscoSergipano, que permitem o desenvolvimento sustentável entre o ser humano, a atividadeeconômica e o meio ambiente.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - EDUARDO LIMA DE MATOS
Presidente - 4178490 - INAJA FRANCISCO DE SOUSA
Interno - 1807439 - JAILTON DE JESUS COSTA
Interno - 2222763 - MARIA JOSE NASCIMENTO SOARES
Notícia cadastrada em: 03/02/2020 17:06
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r10803-399c5c35c