Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: DANILO SANTOS POSSERA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DANILO SANTOS POSSERA
DATA: 07/02/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Prodema
TÍTULO: ÍNDICE DE CAMINHABILIDADE NOS ENTORNOS DOS TERMINAIS DE INTEGRAÇÃO NA CIDADE DE ARACAJU
PALAVRAS-CHAVES: Pedestre, Mobilidade urbana, gestão, planejamento, calçada.
PÁGINAS: 67
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

As calçadas são lugares populares, não fazendo distinção entre sexos, raças, idades, entre pessoas com limitação física de locomoção ou não, mas com o passar dos anos e com o avanço dos transportes motorizados, as calçadas foram perdendo seus lugares e ficando à margem do planejamento urbano pelos governantes. Vale ressaltar que a caminhada é um modo de transporte ativo que cumpre várias metas de políticas públicas em termos de contribuição para a saúde pessoal e pública, meio ambiente e bem-estar da comunidade. Em relação ao Brasil, boa parte dos estudos sobre caminhabilidade avalia lócus específicos das cidades ou restringem-se muitas vezes a bairros centrais, dificultando assim, a visualização da mobilidade “viva” da cidade, assim, se faz necessário identificar como as pessoas realizam seus deslocamentos dentro das diferentes realidades e contextos existentes nas cidades; dentro da proposta realizada por nossa pesquisa, especificamente, faz-se necessário estudar a caminhabilidade na cidade de Aracaju, Sergipe. Nesse sentido, o objeto desse estudo é gerar um índice de caminhabilidade para Aracaju, para isso será realizada uma pesquisa descritiva, de natureza qualitativa-quantitativa, no entorno dos terminais da zona norte, oeste, central e sul de Aracaju. Para avaliação da caminhabilidade, serão utilizados 27 indicadores, baseados no instrumento iCam, versão 2.0; e com o objetivo de complementar algumas variáveis avaliadas pelo Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento no Brasil - ITDP (2018), alguns indicadores foram adicionados do Índice de Caminhabilidade de Macro e Micro Escala (ICMME), deste modo, os indicadores da pesquisa atual serão separados em 4 categorias (calçada, atração, segurança e conforto). Como resultados esperados, ao fim desse estudo será gerado um índice de caminhabilidade para a cidade de Aracaju, o qual servirá para avaliar a acessibilidade dos pedestres no entorno de polos geradores de viagem, visto que é através do transporte público que acontece a maior parte do deslocamento de pessoas. Os indicadores abordam aspectos que contribuem para a boa utilização do espaço público, mostrando um mapeamento gráfico auxiliando na identificação da situação em que o pedestre se desloca atualmente. Espera-se, ainda, que essa pesquisa colabore com a identificação da qualidade das calçadas para os pedestres que se deslocam para os polos geradores de viagem, identifique os problemas que afastam ou dificultam a locomoção das pessoas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2273536 - LAURA JANE GOMES
Interno - 3185055 - GICÉLIA MENDES DA SILVA
Interno - 2222763 - MARIA JOSE NASCIMENTO SOARES
Externo ao Programa - 1694462 - ROZANA RIVAS DE ARAUJO
Externo à Instituição - PEDRIANNE BARBOSA DE SOUZA DANTAS
Notícia cadastrada em: 20/01/2020 10:38
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bemtevi1.bemtevi1 v3.5.16 -r12176-a08508ab91