Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: KENIA DANTAS ALVES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: KENIA DANTAS ALVES
DATA: 31/01/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Prodema
TÍTULO: Imagens Ativistas e o Despertar para as Questões Ambientais no Município de Aracaju
PALAVRAS-CHAVES: Imagens ativistas; ONGs ambientalistas; Redes Sociais
PÁGINAS: 42
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

A expressão crise ambiental soou com o alarme das consequências provenientes da Revolução Industrial, no século XVIII, evidenciando o outro lado da modernidade e do progresso, por meio da exploração dos recursos naturais e danos à saúde humana. No século XIX, a ameaça dos testes nucleares e da utilização da energia nuclear, auxiliaram na construção de movimentos ambientalistas preocupados com a preservação e conservação da natureza, como as organizações não-governamentais. A partir do século XX, as questões ambientais ganham visibilidade por meio das conferências promovidas pela Organização das Nações Unidas, com destaque para a Conferência de Estocolmo (1972) e a Eco-92, sediada no Brasil, cujo debate consolidou o conceito de desenvolvimento sustentável. Essa visibilidade se amplia com a propulsão da internet e das redes de comunicação digitais, especialmente as redes sociais, que por meio de suas ferramentas de engajamento e conteúdos de impacto possibilitam uma mobilização social, como as imagens de cunho ambiental. A pesquisa apresenta como objetivo geral analisar os desdobramentos das imagens ativistas sobre a mobilização social e as políticas públicas voltadas para as temáticas ambientais no município de Aracaju. E como objetivos específicos: investigar as organizações não-governamentais ambientalistas de Aracaju presentes nos sites de redes sociais Facebook e Instagram; evidenciar as imagens ativistas nas pautas ambientais das ONGs do município de Aracaju; e avaliar a repercussão das imagens ativistas na mobilização social e nas políticas públicas ambientais do município de Aracaju. Os teóricos estudados nesta pesquisa abordam os conceitos de imagem ativista, paisagem, políticas públicas e ambientalismo. O método utilizado é o hipotético-dedutivo e como procedimento metodológico a análise de imagem como documento. Como resultado, espera-se que esta pesquisa reafirme o papel da mobilização por meio das imagens ativistas das organizações não-governamentais ambientalistas no município de Aracaju.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 3185055 - GICÉLIA MENDES DA SILVA
Interno - 266.728.008-32 - DANIELA TEODORO SAMPAIO
Externo à Instituição - MICHELE AMORIM BECKER
Externo à Instituição - SINDIANY SUELEN CADUDA DOS SANTOS
Notícia cadastrada em: 25/01/2019 08:38
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r12176-a08508ab91