Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: DANIELA ROLLEMBERG LOPEZ MARTINEZ

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DANIELA ROLLEMBERG LOPEZ MARTINEZ
DATA: 01/02/2019
HORA: 07:30
LOCAL: PRODEMA
TÍTULO: O CENÁRIO DO ECOTURISMO NOS CURSOS DE CAPACITAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE TURISMO DO ESTADO DE SERGIPE
PALAVRAS-CHAVES: Ecoturismo, Educação Ambiental, Turismo Sustentável, Capacitação
PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Currículo
ESPECIALIDADE: Currículos Específicos para Níveis e Tipos de Educação
RESUMO:

O cenário do ecoturismo nos cursos de capacitação e treinamento dos agentes de turismo de Sergipe constitui o objeto dessa pesquisa, sendo motivada pelo prognóstico do crescimento do turismo receptivo no Brasil, estando Sergipe também incluso nos dados oficiais desse crescimento e desenvolvimento socioeconômico. Segundo definição de ecoturismo pela Organização Mundial do Turismo, é uma atividade turística que se utiliza dos recursos naturais para sua prática e que vincula a educação ambiental como obrigatoriedade, a fim de preserva-los. Entendendo a educação ambiental como ferramenta que corrobora com o processo de sensibilização e cuidados com o meio ambiente, o foco desse trabalho está nos cursos para os profissionais que atuam diretamente na operacionalização da atividade eco turística, (guias de turismo, garçons, cozinheiros, marinheiros, motoristas de ônibus/vans e camareiras). São agentes de turismo que não necessitam de formação de nível superior para exercerem suas atividades e que recebem do próprio trade turístico a capacitação e o treinamento. A pesquisa teve como primeiro momento a construção do referencial teórico, tendo como base os dados do Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável (2013), publicado pelo Ministério do Turismo, que contribuiu para delimitar a área do estudo de caso, definir os atores sociais envolvidos e identificar as entidades que ofertam os cursos de capacitação para esses profissionais. Será feita a análise qualitativa e quantitativa dos cursos ofertados, utilizando entrevistas e questionários aos gestores e coordenadores de cursos das entidades representativas, bem como pesquisa documental junto às instituições, na intenção de diagnosticar se o conteúdo aborda os aspectos importantes do turismo sustentável e se contempla todos os profissionais imersos no contexto. Aracaju e Canindé do São Francisco são recortes do estudo de caso dessa pesquisa, por estarem situadas entre as maiores cidades receptoras desse turismo natural. Espera-se dessa pesquisa que o levantamento de dados e resultados possam colaborar com modelos de planejamento e sustentabilidade para a atividade ecoturística de Sergipe, pois planejamento e gestão devem ser processos contínuos, para o alcance de melhorias, desenvolvimento e estimativas de cenários futuros.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1778934 - MARINA DE SOUZA SARTORE
Interno - 2082011 - CAE RODRIGUES
Externo ao Programa - 1353748 - LILLIAN MARIA DE MESQUITA ALEXANDRE
Notícia cadastrada em: 21/01/2019 08:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bemtevi1.bemtevi1 v3.5.16 -r10840-e5b57c044