Notícias

Banca de DEFESA: ELAINE VASCONCELOS NASCIMENTO LEAL

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ELAINE VASCONCELOS NASCIMENTO LEAL
DATA: 20/02/2019
HORA: 09:00
LOCAL: PRODEMA
TÍTULO: ANÁLISE DA DESERTIFICAÇÃO SOCIOAMBIENTAL NO BAIRRO JABOTIANA – ARACAJU/SE
PALAVRAS-CHAVES: Desertificação socioambiental, Dinâmica socioambiental, Espaços públicos, Jabotiana, Planejamento urbano.
PÁGINAS: 143
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

Em busca de melhorias na qualidade de vida e da sustentabilidade socioambiental nas cidades, procurou-se averiguar as diferentes configurações urbanas que permitem ou impedem a dinamicidade de pessoas nas ruas e a relação com as áreas naturais do bairro, de acordo com a capacidade de atrair transeuntes para o uso dos espaços públicos. Com o grande crescimento imobiliário, em especial, de condomínios verticais, o bairro Jabotiana tem apresentado cenários decorrentes do processo do abandono das relações de vizinhança, do caminhar no bairro e da identidade com o meio natural em que está inserido. Assim, foi construído o conceito de “desertificação socioambiental”, cujo processo de análise no bairro Jabotiana é o objetivo desse estudo, visando identificar características urbanas que interferem na dinâmica socioambiental e contribuir com informações relacionadas, pertinentes à população e ao poder público. Para se alcançar tal objetivo, tomaram-se como base alguns referenciais urbanísticos, geográficos e sociológicos, bem como técnicas que se resumem à coleta de dados referentes a usos do solo; impermeabilidade visual das fachadas; tamanho das quadras; conforto térmico; condições físicas de calçadas, praças e ciclovias; percepção dos moradores e de transeuntes; fluxos e atividades dos pedestres nas ruas; além de informações de órgãos públicos e organização não governamental local. Como resultado, e sob o método hipotético-dedutivo, constatou-se que há “desertificação socioambiental” no bairro Jabotiana e que a dinamicidade de pessoas nas ruas do Jabotiana, bem como as relações socioambientais dos moradores, estão em direta influência com a morfologia do bairro, mas também com outros fatores socioeconômicos e culturais, que devem ser considerados. Através desse estudo, aprofundou-se a discussão sobre a “desertificação socioambiental” e foi possível contribuir com conhecimentos importantes ao planejamento urbano sustentável.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1807439 - JAILTON DE JESUS COSTA
Interno - 584.880.905-44 - SILVIA MARIA SANTOS MATOS
Interno - 1545169 - ZENITH NARA COSTA DELABRIDA
Externo ao Programa - 1068335 - ANTONIO CARLOS CAMPOS
Externo ao Programa - 1694462 - ROZANA RIVAS DE ARAUJO
Notícia cadastrada em: 18/01/2019 10:02
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bemtevi1.bemtevi1 v3.5.16 -r10840-e5b57c044