Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: CAMILO RAFAEL PEREIRA BRANDÃO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CAMILO RAFAEL PEREIRA BRANDÃO
DATA: 01/02/2019
HORA: 09:00
LOCAL: PRODEMA
TÍTULO: CONTABILIZAÇÃO DA PEGADA HÍDRICA AZUL, VERDE E CINZA DA RIZICULTURA NO PERÍMETRO IRRIGADO DO BETUME/SE
PALAVRAS-CHAVES: Corpos Hídricos. Cultura de Arroz. Produtos fitossanitários.
PÁGINAS: 69
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

A água é um recurso valioso e indispensável para a manutenção dos ecossistemas terrestres, o Brasil representa cerca de 53% da produção de água doce do continente sul-americano e 12% do total mundial. A agricultura consome 70% da água doce do mundo através dos sistemas de irrigação, o lançamento de agentes poluidores causados pelo uso intensivo de agrotóxicos tem efeito direto na qualidade da água que, por sua vez, afeta diretamente e indiretamente a saúde, segurança e o bem-estar da população. O conceito da Pegada Hídrica (PH) vem ganhando destaque devido a importância de fazer a contabilização do uso consuntivo da água, sendo um importante indicador de prestação de serviços ecossistêmicos em provisão, visando contornar os efeitos da escassez de água ao redor do mundo através da quantificação dos seus componentes. Considerando que Sergipe se encontra atualmente como o segundo maior produtor de arroz do Nordeste e o primeiro em rendimento médio do Brasil, surgem os seguintes questionamentos: Como vem sendo feita a utilização de produtos agroquímicos na rizicultura em Sergipe? Os agricultores possuem discernimento dos riscos devido ao manuseio incorreto? Qual o volume total de água utilizado na rizicultura e como é feita sua destinação final? Para obter as respostas destes questionamentos, este trabalho dissertativo tem como objetivo geral quantificar a pegada hídrica dos componentes verde, azul e cinza na rizicultura no perímetro irrigado Betume, localizado no município de Neópolis/SE, através do modelo CROPWAT 8.0 desenvolvido pela FAO, conhecendo a realidade dos agricultores locais a respeito do manejo e dos riscos de contaminação por agrotóxicos. Os resultados obtidos através deste estudo servirão como base para a elaboração do manual informativo de consumo total de água na rizicultura no Estado de Sergipe, manejo e descarte dos agrotóxicos e seus riscos de exposição a longo prazo. Por fim, espera-se que o produto final desta pesquisa contribua no processo de sensibilização para o desenvolvimento de uma agricultura mais sustentável, visando a gestão e o manejo dos recursos hídricos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 4178490 - INAJA FRANCISCO DE SOUSA
Interno - 1834882 - ARIOVALDO ANTONIO TADEU LUCAS
Externo ao Programa - 1533419 - ANDRE QUINTAO DE ALMEIDA
Externo à Instituição - TATIANA MAXIMO ALMEIDA
Notícia cadastrada em: 15/01/2019 12:34
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r12712-85cc87cea5