Notícias

Banca de DEFESA: THIAGO PÉREZ MACHADO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THIAGO PÉREZ MACHADO
DATA: 10/09/2018
HORA: 14:00
LOCAL: prodema
TÍTULO: AVALIAÇÃO DO ENVOLVIMENTO DAS CONSTRUTORAS NO PROCESSO SUSTENTÁVEL DA CONSTRUÇÃO CIVIL EM ARACAJU-SE
PALAVRAS-CHAVES: sustentabilidade; construção sustentável; pensar sustentável.
PÁGINAS: 89
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

A construção sustentável é um conceito extremamente atual e que denomina um conjunto de práticas adotadas antes, durante e após os trabalhos de construção civil com o intuito de obter uma edificação que não agrida o meio ambiente e que melhore a qualidade de vida dos seus usuários. Contudo percebe-se que o foco nesta área no mundo e mais especificamente em Aracaju-SE ainda não é o sustentável e está distante disso, por conta de uma questão financeira, da falta de conhecimento e de uma olhar aprofundado para o pensar sustentável. Nesta trabalho será avaliado, através de uma pesquisa de campo exploratório, como as construtoras trabalham voltadas a essa questão de sustentabilidade tentando entender se já existem processos construtivos que já incorporam esse olhar e se não existem, o porquê que não o fazem. Portanto, o objetivo principal deste trabalho é avaliar as construtoras e seu envolvimento na área de desenvolvimento sustentável, seus processos de construção mostrando a importância do envolvimento do pensar sustentável. Desta forma, com base nesta análise, poder-se-á constatar que um pensar novo pode ser confirmado, dando um novo olhar para o rumo na construção civil, comprometendo positivamente com o avanço do sistema sustentável e no meio ambiente. Para fundamentar e possuir os dados para análise desta pesquisa, foi criado um questionário, baseado em um existente do SEBRAE que foca necessariamente na importância da construção e do pensar sustentáveis. Esse questionário foi criado com 23 perguntas generalizadas divididas em dois grupos direcionados com os objetivos elencados. Após a criação das questões, foi organizado através de um site com um sistema de pesquisa online (onlinepesquisa.com), um questionário virtual para facilitar o alcance da entrevista e melhorar o nível da mesma. A pesquisa foi enviada para 50(cinquenta) empresas, de porte grande, médio ou pequeno, do ramo da construção civil, em Aracaju-Sergipe. Foram visitadas também três fábricas no Brasil de diferentes setores, a SCA no Rio Grande do Sul (móveis planejados), a Santa Luzia em Santa Catarina (peças e rodapés de pvc) e a Biancogrês no Espírito Santo (pisos e Revestimentos), com o intuito de averiguar e constatar como estava sendo feito todo o processo de fabricação e reaproveitamento das peças e se o foco no processo de construção sustentável estava sendo uma realidade. Depois da pesquisa realizada foram analisados os resultados separadamente por grupos sendo pautados em referenciais teóricos justificando o porquê da pergunta e do foco na sustentabilidade e no meio ambiente. Dentre algumas análises três se destacaram, as quais envolvem resíduos, responsabilidade social e benefícios e incentivos do setor público. A primeira ilustra taxativamente que mais da metade das construtoras não se preocupam com a questão dos resíduos, a segunda demonstra que a maioria das construtoras não participam de ações com caráter social e a terceira enfatiza que exclusivamente nenhuma construtora recebeu algum tipo de incentivo para realizar obras desta natureza, isto é, voltadas para a sustentabilidade.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1834882 - ARIOVALDO ANTONIO TADEU LUCAS
Presidente - 2579022 - GREGORIO GUIRADA FACCIOLI
Interno - 4178490 - INAJA FRANCISCO DE SOUSA
Externo ao Programa - 731922 - RAIMUNDO RODRIGUES GOMES FILHO
Notícia cadastrada em: 07/09/2018 16:59
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r10840-e5b57c044