Notícias

Banca de DEFESA: ANA CLAÚDIA BATISTA SOUZA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANA CLAÚDIA BATISTA SOUZA
DATA: 26/02/2018
HORA: 14:00
LOCAL: PRODEMA
TÍTULO: ENTRE A TÉCNICA E A ÉTICA: OS USOS DA NATUREZA NA CIDADE DO RECIFE
PALAVRAS-CHAVES: Ética. Cidade. Tecnologia. Risco.
PÁGINAS: 40
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

No Brasil, as políticas urbanas que pleiteiam o chamado desenvolvimentourbano sustentável têm se propagado no âmbito dos empreendimentos de impacto quedurante o processo de implementação utilizam novas tecnologias na busca peloequilíbrio entre a qualidade de vida das populações urbanas e a manutenção dosrecursos naturais disponíveis nas cidades. Nessa perspectiva, qual a concepção deDesenvolvimento Sustentável defendida nestes projetos? De que forma a ÉticaSocioambiental pode contribuir para esse debate? Como pensar os riscos nessecontexto? Posto isso, esse trabalho tem como objetivo analisar o processo de construçãodo Projeto Rios da Gente (trechos Norte e Sul) na Cidade do Recife à luz da éticasocioambiental e a sua relação com outros projetos enquanto estratégia de inserção dacidade no grupo daquelas que apresentam excelência em sustentabilidade urbana ou queinovam na promoção da sustentabilidade. Para tanto, deve-se: Identificar e caracterizaros grandes projetos público-privados propostos ou implementados no Recife entre osanos 2007 e 2017 que possuem conexão com o Projeto Rios da Gente; Verificar comoas tecnologias propostas no Projeto Rios da Gente podem contribuir para a inserção doRecife no circuito das cidades inteligentes; Identificar os riscos e conflitossocioambientais associados à utilização destas tecnologias. Trabalharemos sob aperspectiva do método de abordagem Hipotético-Dedutivo e os procedimentos depesquisa contemplarão pesquisa bibliográfica, pesquisa documental, pesquisa de campo(observação direta, registro fotográfico e realização de entrevistas semiestruturadas), epesquisa virtual. A investigação dos dados coletados será realizada através da análise deconteúdo proposta por Bardin e os resultados corroboraram parcialmente com a hipóteseapresentada. A partir da análise dos dados percebeu-se que há uma maior preocupaçãocom as características técnicas da obra e suas consequências visíveis, em detrimento deuma discussão ética que contextualize a viabilidade do projeto, as externalidadesgeradas pela implemetação do mesmo e os riscos socioambientais envolvidos, semconsiderar a execução de demais projetos que podem se constituir como interferências.Identifica-se também que enquanto a preocupação dos gestores e responsáveis pelaimplantação do projeto diz respeito a inserção da cidade no grupo daquelasambientalmente sustentáveis e consequentemente atrativas, enquanto para a população o
motivo de apreensão é a forma de construção do projeto que não deu a devida abertura àparticipação popular e não comunicou os riscos da implantação do mesmo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1698693 - EVALDO BECKER
Externo à Instituição - GIVALDO BARBOSA DA SILVA
Interno - 584.880.905-44 - SILVIA MARIA SANTOS MATOS
Notícia cadastrada em: 24/01/2018 16:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r10840-e5b57c044