Notícias

Banca de DEFESA: JONIELTON OLIVEIRA DANTAS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JONIELTON OLIVEIRA DANTAS
DATA: 22/09/2017
HORA: 11:00
LOCAL: PRODEMA
TÍTULO: SABERES AMBIENTAIS NA PROFISSIONALIZAÇÃO DOCENTE E SUA OPERATIVIDADE NA PRÁTICA PEDAGÓGICA
PALAVRAS-CHAVES: Educação ambiental. Profissionalização docente. saber ambiental
PÁGINAS: 128
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

A complexidade dos problemas ambientais decorrentes da relação homem e natureza, coloca a humanidade em alerta e exige uma abordagem interdisciplinar por parte dos diversos segmentos da sociedade, entre os quais os profissionais docentes. É certo que os diversos problemas ambientais são passíveis de uma resposta educativa, contudo, é necessário que os docentes estejam imbuídos de saberes necessários ao exercício da docência, o que perpassa pela sua profissionalização. Partindo do conceito de profissionalização como um projeto pessoal de construção da profissão em que o docente adquire competências e saberes para o aprimoramento da sua prática pedagógica, este trabalho tem como questão norteadora compreender de que modo se relacionam os saberes de caráter ambiental adquiridos em cursos de formação de professores, com o processo de profissionalização dos docentes, e se ocorre a aplicação desses conhecimentos em suas práticas pedagógicas. Na perspectiva de analisar as relações que os docentes estabelecem entre os saberes de caráter ambiental apreendidos em cursos de formação continuada e o seu processo de profissionalização, o estudo se apropria dos conceitos de profissionalidade e profissionalismo para entender as motivações internas e externas ao docente. A pesquisa teve como objeto de investigação os professores participantes dos cursos de aperfeiçoamento e especialização em Educação Ambiental ofertado nos Polos do CESAD/UFS no âmbito do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB). O percurso metodológico consistiu na seleção da amostra dos participantes dos referidos cursos, por meio do preenchimento de questionários com a finalidade de extrair elementos essenciais do perfil sociodemográfico e profissional, e sua prática pedagógica desenvolvida nos espaços escolares, de modo a categorizar, sistematizar e analisar os dados coletados com base no método da Análise de Conteúdo. Neste sentido, o estudo revela que os docentes foram motivados a buscar os cursos de Educação Ambiental na perspectiva de utilização desse conhecimento na atividade profissional, como forma de agregar valor à carreira profissional mediante aquisição e ampliação dos saberes ambientais sistematizados e sua operacionalização na prática pedagógica. Portanto, a oferta dos cursos mostrou-se favorável à profissionalização dos docentes em relação aos saberes ambientais e a Educação Ambiental.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2222763 - MARIA JOSE NASCIMENTO SOARES
Interno - 279481 - ROSEMERI MELO E SOUZA
Externo à Instituição - SÉRGIO LUIZ LOPES
Externo à Instituição - BETÂNIA LEITE RAMALHO
Notícia cadastrada em: 21/08/2017 15:05
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r10840-e5b57c044