Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: CLEZYANE CORREIA ARAUJO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CLEZYANE CORREIA ARAUJO
DATA: 02/02/2017
HORA: 14:00
LOCAL: Prodema
TÍTULO: ASPECTOS DO EMPREGO DE PRÁTICAS CONSERVACIONISTA EM AGROECOSSISTEMAS DE MILHO NO CENTRO OESTE SERGIPANO
PALAVRAS-CHAVES: Milho, Conservação do solo, Agreste de Sergipe, Práticas Mecânicas, Erosão do solo
PÁGINAS: 49
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

O uso de sistemas convencionais de manejo do solo podem aumentar as perdas de nutrientes e de matéria orgânica, provocando aumento dos custos financeiros e nos riscos ambientais, em contra ponto a utilização de sistemas conservacionistas contribuem para redução da erosão e a degradação do solo, melhorando a produtividade e sustentabilidade da produção agrícola.A utilização de práticas conservacionistas, sejam mecânicas, edáficas ou vegetativas, são as principais medidas utilizadas para o controle dos processos erosivos nas áreas ocupadas com as atividades agrícolas, pois resultam na melhoria das condições da terra e sua adaptação aos modelos de exploração adotados pelo agricultor. O processo de modernização da agricultura em Sergipe teve mudanças significativa no modo de produção, acarretando transformações na forma de organização e apropriação do espaço, afetando, o caráter relacional das sociedades com a natureza, ao passo que tais relações acirram os problemas socioambientais. Nessas regiões a monocultura do milho vem ganhando destaque nos últimos anos, o crescimento na produção do grão vem sendo acompanhado com a introdução de máquinas e implementos agrícolas de grande porte, tendo em vista o uso intensivo do solo, sem levar em consideração princípios básicos da conservação do solo e da água na região hoje conhecida com o cinturão do milho. O objetivo do trabalho Analisar a importância socioeconômica e ambientalda adoção de práticas conservacionistas de solo em agroecossistemas de milho em Simão Dias/Sergipe. A pesquisa será desenvolvida em áreas produtora de milho no município de Simão Dias, onde serão comparadas áreas de preparo convencional; área com utilização de técnicas conservacionista e se possível comparar com área de vegetação nativa. O solo das áreas comparadas passarão por análises químicas e serão avaliados os atributos físicos buscando obter dados para análise do impacto ambiental que esse modelo de agricultura vem causando ao solo da região. Serão retiradas amostras de solos de 0-20 e 20-40 cm de profundidade onde serão avaliados em laboratório os atributos físicos e químicos. A pesquisa espera contribuir e incentivar a adoção de práticas conservacionista de solo no tocante que a região objeto de estudo passa por transformações no seu cenário agrícola nos últimos anos. As contribuições estendem-se ainda na geração do conhecimento de tecnologias de manejo e conservação do solo com a finalidade de melhorar a produtividade e qualidade das áreas de monoculturas do milho através do uso de práticas conservacionista de solo, esclarecendo os benefícios do uso adequado dessas práticas para a sustentabilidade da cultura.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1316620 - ALCEU PEDROTTI
Externo ao Programa - 1201910 - FRANCISCO SANDRO RODRIGUES HOLANDA
Externo à Instituição - INÁCIO DE BARROS
Externo à Instituição - LIAMARA PERIN
Notícia cadastrada em: 13/01/2017 09:35
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - fragata4.fragata4 v3.5.16 -r13123-abfc75de94