Notícias

Banca de DEFESA: ANA MARTA LIBÓRIO DE JESUS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANA MARTA LIBÓRIO DE JESUS
DATA: 16/02/2016
HORA: 15:00
LOCAL: PRODEMA
TÍTULO: Prospecção farmacológica etnodirigida de plantas medicinais com efeito gastroprotetor em comunidades rurais do município de Areia Branca/SE
PALAVRAS-CHAVES: Úlcera gástrica. Flora medicinal. Medicina popular
PÁGINAS: 90
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

A úlcera péptica é um problema crônico de saúde de grande magnitude social, que resulta de um desequilíbrio entre os fatores de proteção e os fatores lesivos presentes na mucosa do trato gastrintestinal. Com o advento da endoscopia e a descoberta da bactéria Helicobacter pylori, o seu tratamento nas últimas décadas, passou por grandes modificações. Atualmente, uma grande diversidade de fármacos encontra-se disponível no mercado para o tratamento desta patologia. No entanto, muitos dos produtos farmacêuticos em uso não são totalmente eficazes e podem causar graves efeitos colaterais quando utilizados por longo período. Por estas razões, o uso de produtos naturais de origem vegetal constitui uma das alternativas à terapia convencional. Neste sentido, a Etnobotânica e a Etnofarmacologia vêm sendo frequentemente utilizadas por diversos cientistas como abordagem primária na busca por espécies vegetais com propriedades fitoterápicas. Em comunidades rurais, as plantas medicinas representam um dos poucos recursos terapêuticos disponíveis à população, sendo habitualmente utilizadas no processo de cura e manutenção da saúde física e/ou espiritual. Baseando-se nesses dados, esta pesquisa possui como objetivo geral a realização de um estudo etnodirigido visando à identificação de plantas medicinais com efeito gastroprotetor em quatro comunidades rurais do município de Areia Branca/SE. Para o desenvolvimento desta pesquisa, foi realizado inicialmente um levantamento etnofarmacológico com especialistas locais (detentores do conhecimento popular sobre plantas medicinais) que residem nos Povoados Areias, Canjinha, Junco e Rio das Pedras. Esse levantamento permitiu a identificação de 14 espécies vegetais utilizadas nessas comunidades para o tratamento de úlceras gastrintestinais. Dentre essas, foram selecionadas as espécies: Costus spiralis (Jacq.) Roscoe, Hyptis pectinata (L.) Poit. e Plectranthus barbatus Andr. para avaliação da atividade antiúlcera em modelo animal. Em seguida, realizou-se a coleta do material botânico in loco e a preparação de extratos aquosos brutos com a parte da planta utilizada na medicina popular. O efeito gastroprotetor das plantas selecionadas para estudo foi avaliado pelo método de úlcera gástrica induzida por etanol em ratos Wistar. A partir do experimento proposto, constatou-se que todas as plantas testadas possuem efeito gastroprotetor, sendo a Costus spiralis (Jacq.) Roscoe, a mais eficaz e a Plectranthus barbatus Andr., a mais potente. Desta forma, além de promover o resgate e a preservação do saber popular sobre a flora medicinal, o presente estudo oferece aporte científico ao uso popular dessas plantas medicinais.

Palavras-chave: Úlcera gástrica. Flora medicinal. Medicina popular.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1039328 - JOSEMAR SENA BATISTA
Interno - 2222763 - MARIA JOSE NASCIMENTO SOARES
Interno - 2176700 - MARLUCIA CRUZ DE SANTANA
Externo ao Programa - 2207731 - CARLOS DIAS DA SILVA JUNIOR
Externo à Instituição - MARIA SILENE DA SILVA
Notícia cadastrada em: 27/01/2016 14:30
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r10668-754907a47